Educação Bahia

Começa nesta segunda-feira (7) nova etapa da eleição para líderes estudantis

Após eleger os líderes de classe e os líderes escolares, os estudantes da rede estadual de ensino participam do processo para eleger os líderes dos municípios. De 21 a 25 de junho será a vez da eleição para líderes do Núcleos Territoriais de Educação (NTE

07/06/2021 10h32
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Bahia - (Milena Leal)
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A eleição para líderes estudantis prossegue com uma nova etapa, a partir de segunda-feira (7) até o dia 11 de junho. Após eleger os líderes de classe e os líderes escolares, os estudantes da rede estadual de ensino participam do processo para eleger os líderes dos municípios. De 21 a 25 de junho será a vez da eleição para líderes do Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). Todos os eleitos terão o mandato válido até o final do ano letivo de 2021.

Todas as etapas estão sendo realizadas de forma on-line e contam com o engajamento dos gestores, coordenadores pedagógicos e professores. Para o coordenador de Políticas para a Juventude da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Jocivaldo Bispo, os estudantes estão dando exemplo de mobilização. “A pandemia impôs uma série de desafios e a nossa juventude, por meio deste processo eleitoral, mostra uma grande capacidade de adaptação. Com novas formas de diálogos para o ensino e as aprendizagens, estamos vendo que todos aprendem e que podemos superar as dificuldades quando trabalhamos em coletivo”, afirmou.

Cada unidade escolar deverá escolher a forma adequada para a realização das eleições. Cabe à unidade escolar, ainda, definir e implementar as estratégias pedagógicas e administrativas que sejam apropriadas à participação dos estudantes que não têm acesso à internet, sempre buscando respeitar as condições territoriais e cotidianas da comunidade escolar e a observância dos parâmetros de segurança relacionados à pandemia do novo Coronavírus. As unidades escolares que já realizaram eleição para a escolha de líderes e vice-líderes de classe escolar no ano de 2020 poderão optar por não realizar o processo, informando no Serviço de Apoio à Gestão da Aprendizagem (SAGA) os nomes dos estudantes já empossados.

As escolas que não conseguirem realizar as eleições nos prazos determinados pela portaria deverão comunicar, em tempo hábil, ao NTE e à SEC as condições determinantes para a não realização do processo e propor datas possíveis para realizá-las.

Confira aportaria.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias