Internacional Mistério

Tese de que covid escapou de laboratório ganha força e Biden manda investigar

Presidente americano mandou agências de inteligência ‘dobrarem os esforços’ de investigação e deu prazo de 90 dias para receber resultados

27/05/2021 08h57
Por: São Gonçalo Agora

O cerco se fecha em torno da China e da tese de que a covid escapou do Instituto de Virologia de Wuhan (IVW), laboratório chinês que até o início da pandemia realizava extenso estudo sobre o coronavírus de morcegos.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, mandou suas agências de inteligência ‘dobrarem os esforços’ na investigação dessa suspeita, que ganhou força após relatório de inteligência virar as manchetes nos EUA. No Brasil, a mídia lacradora ainda vê isso como “teoria da conspiração”.

O Wall Street Journal apurou que em novembro de 2019 pesquisadores do IVW acabaram nos hospitais com sintomas “compatíveis com Covid”.

O ex-presidente Trump mandou investigar a suspeita de que o Covid escapou de laboratório chinês, mas foi acusado de difundir “fake news”.

O IVW foi o primeiro laboratório com nível 4 de biossegurança na China. Diplomatas americanos alertaram para perigos da operação, em 2018.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias