Geral Maranhão

Governo realiza Arraial da Vacinação contra a Covid-19 na Cidade Olímpica

Na Cidade Olímpica, o serviço tem como público-alvo pessoas com 25 anos ou mais, residentes no bairro e adjacências.

15/06/2021 14h20
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Maranhão
Secretário Carlos Lula esteve presente na ação da Cidade Olímpica (Foto: Ruy Barros)
Secretário Carlos Lula esteve presente na ação da Cidade Olímpica (Foto: Ruy Barros)

O Governo do Estado iniciou, nesta terça-feira (15), o Arraial da Vacinação contra a Covid-19, na Cidade Olímpica. A ação, que acontece até sexta-feira (18), no Centro Educa Mais Padre José Bráulio Sousa Ayres, faz parte das estratégias do poder público estadual para ajudar os municípios a acelerar a imunização contra a doença. Na Cidade Olímpica, o serviço tem como público-alvo pessoas com 25 anos ou mais, residentes no bairro e adjacências. 

Fernanda dos Santos, 31 anos (Foto: Ruy Barros)

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acompanhou o início da vacinação. “Para avançarmos ainda mais com a vacinação no estado, precisamos facilitar o acesso à vacina Por isso, estamos fazendo o Arraial na Cidade Olímpica, bairro que possui o menor percentual de vacinados. Estamos levando a vacina para mais próximo das pessoas, evitando que elas precisem se deslocar para pontos distantes de suas residências”, disse o secretário. 

O atendimento no Arraial da Vacinação na Cidade Olímpica funciona das 8h às 16h. Para tomar a vacina, precisam ser apresentados documentos como: RG, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência. 

O presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande, destacou que a descentralização é o melhor caminho. “A região da Cidade Olímpica compreende uma área gigantesca, cuja população precisa ser vacinada. Neste sentido, o Governo do Estado está desenvolvendo essa estratégia, a fim de acelerar a vacinação, possibilitando que ela chegue mais rápido no braço das pessoas”, disse. 

Até o fim do mês, o estado deverá abrir mais Arraiais da Vacinação pelo estado. O critério que está sendo adotado é a baixa cobertura de imunização nas localidades escolhidas, tomando como base os dados divulgados pelo Ministério da Saúde quanto às doses aplicadas. 

Fala Povo

“Hoje eu vim tomar a minha primeira dose. Estava ansioso por isso, porque a gente esperava por esse dia, mas ainda bem que já chegou”, contou Francisco Rodrigues, 51 anos. 

“Nós, moradores, estamos muito gratos pelo fato de o Governo do Estado ter lembrado da gente e trazido esse benefício até aqui. A vacina é um ato de amor, pois além de estar me protegendo, também estarei fazendo isso por outros”, disse Isênya Mendes, de 42 anos. 

“Para as pessoas que ainda têm medo da vacina, eu digo para elas darem o primeiro passo que é o da coragem e depois serem gratas pela oportunidade, pois finalmente temos ela à nossa disposição”, incentivou Fernanda dos Santos, 31 anos. 

Arraiais da Vacinação

No último domingo (13), o Governo do Estado encerrou mais de 50 horas de atividade com a segunda edição do Arraial da Vacinação na Ilha, executada no estacionamento do Pátio Norte Shopping, localizado na Estrada de São José de Ribamar (MA-201). Ao todo foram vacinadas 9.975 pessoas com idade de 29 anos ou mais. 

A ação foi um reforço no processo de imunização contra a Covid-19 na Grande Ilha, formada pelos municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e São Luís. Na primeira edição, que durou 28 horas, 4.885 pessoas foram vacinadas.

Já com o Arraial da Vacinação na cidade de Timon, realizado no sábado (12), o Governo do Estado contabilizou a aplicação de 6.408 doses de vacina contra a Covid-19. Realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Prefeitura de Timon, a ação resultou em 14 horas de atendimento ininterrupto.  

Ainda nesta terça-feira (15), o Governo do Estado deu início a mais um Arraial da Vacinação, desta vez na cidade de Morros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias