LUDIMILLA DIA 09/10
PAGSEGURO anúncio home
VIOLÊNCIA

Morador de São Gonçalo é alvejado e morre na policlínica do Tomba em Feira de Santana

Na mesma ação outra pessoa também foi atingida e socorrida em estado grave para o HGCA.

11/10/2019 10h46Atualizado há 1 semana
Por: Sandro Araújo

A onda de violência após o anúncio de "paralisação" da Polícia Militar da Bahia, feito pelo grupo de PMs filiados a (ASPRA) sob o comando do Deputado Estadual, soldado Marco Prisco parece ter respingado em São Gonçalo dos Campos. Morreu na policlínica do bairro Tomba, vítima de tiros na noite dessa quinta-feira, 10, José Raimundo Oliveira Filho, 29 anos, morador da localidade de Ouro Verde, zona rural de São Gonçalo.

A vítima estava Rua Palmeiras no bairro do Tomba, em Feira de Santana, quando por volta das 22h40min foi alvejado por dois homens que chegaram em uma moto. Além de José Raimundo também foi atingido Wanderley Souza Barbosa, 25 anos, que foi socorrido em estado grave para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Segundo o delegado Deivid Lopes, o crime será investigado pela delegacia de São Gonçalo.

O anúncio de "paralisação" da PM foi feito na última terça-feira, 08. A informação surgiu após uma assembleia liderada por membros da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra). Mas, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP) não há paralisação e a decisão foi atribuída a um "pequeno grupo" dentro da corporação.

Em nota, a Polícia Militar explicou que se trata de um movimento político do deputado estadual Marco Prisco com a intenção de criar um clima de insegurança.

Só em Feira de Santana nessa quarta e quinta-feira, 11, foram registrados cerca de 15 homicídios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.