LUDIMILLA DIA 09/10
PAGSEGURO anúncio home
CONFERÊNCIA

Conferência Municipal de Assistência Social destaca a importância da participação popular

O evento teve por objetivo avaliar os impactos de medidas recentes na estruturação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) adotadas no âmbito nacional, estadual e municipal.

20/09/2019 14h50
Por: Sandro Araújo

Neste ano, a VII Conferência Municipal de Assistência Social de São Gonçalo dos Campos teve como pauta “Assistência Social: Direito do povo com financiamento público e participação social”. O evento realizado nessa quarta-feira, 18, na Câmara de Vereadores, foi organizado pelo Conselho Municipal de Assistência Social com apoio da Prefeitura de São Gonçalo dos Campos, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social.

O evento teve por objetivo avaliar os impactos de medidas recentes na estruturação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) adotadas no âmbito nacional, estadual e municipal; fomentar ações de comunicação e mobilização em todo o território brasileiro que assegurem aos usuários o direito à participação no processo de conferência em todos os espaços de controle social e no cotidiano dos serviços.

De acordo com a secretária de desenvolvimento econômico e social, Márcia Menezes, o momento é oportuno para elaborar questões norteadoras, a partir da temática para que os participantes possam avaliar a situação da assistência social no município, no estado e as responsabilidades do governo federal. “Em dois anos e oito meses de governo e diante de muitas dificuldades encontradas, e, sobretudo, diante do atual cenário de congelamento de recursos, muito já se foi feito, mas ainda há muito mais a se fazer e faremos com o apoio do nosso prefeito Carlos Germano”, ressaltou.

A elaboração das propostas foi norteada por eixos da política de assistência. Sendo o eixo 1 “Assistência Social: Direito do Cidadão”, eixo 2 “Financiamento do SUAS e o eixo 3 “SUAS com participação social”.  Cada grupo pode debater e apresentar melhorias para as três esferas (municipais, estaduais e nacionais).

A palestrante, assistente social formada pela Faculdade Nobre e mestre em desenvolvimento e gestão social pela Universidade Federal da Bahia, Soneide Rios, destacou a importância do caráter democrático da conferência. “Nós estamos aqui hoje enquanto governo e enquanto sociedade civil para conferir a política pública de assistência social do município de São Gonçalo”, pontuou.

Ao final da conferência, as propostas elaboradas pelos eixos passaram por votação e foram escolhidos delegados, da sociedade civil e do governo local, que representarão o município na Conferência Estadual.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.