Geral Piauí

Seduc e Sesapi debatem sobre vacinação para profissionais da educação

Educação e Saúde estão trabalhando juntas para detalhar por faixa etária o público educacional a ser imunizado

04/05/2021 14h36
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A vacinação contra o coronavírus para os profissionais de educação, tanto das escolas públicas como privadas, foi pauta de uma reunião entre os secretários de Estado da Educação, Ellen Gera, e da Saúde, Florentino Neto, nesta terça-feira (4).

Para Ellen Gera, garantir segurança epidemiológica dentro das escolas é algo fundamental. “O Governo do Estado já colocou a Educação como serviço essencial e os profissionais estão no grupo prioritário para receber a vacinação. Com a imunização dos professores e demais profissionais da educação, teremos mais tranquilidade e segurança para voltar ao chão da escola”, destacou o gestor.

Ellen Gera explicou que Educação e Saúde estão trabalhando juntas para detalhar por faixa etária o público educacional a ser imunizado.  “Estamos falando de um grupo grande de profissionais, tanto da rede pública estadual e municipal, como da rede privada. Não só professores que estão em sala de aula, mas também trabalhadores dos setores administrativos e, para que ninguém fique de fora, precisamos ter um levantamento preciso desse público. Tudo isso está sendo articulado com as secretarias municipais de educação, escolas federais e representantes das escolas particulares”, frisou o secretário.

O secretário de Saúde, Florentino Neto, ressaltou que as campanhas têm como referência o Programa Nacional de Imunização e a vacinação dos professores e o avanço desse processo dependerá da quantidade de doses que o Estado receberá nas próximas semanas. “Precisamos nos preparar. Ter um levantamento da quantidade de professores que estão em sala de aula por faixa etária. Isso é fundamental para garantir a esses profissionais as duas doses da vacina”, afirmou.

Florentindo Neto lembrou que alguns professores já foram imunizados porque estão no grupo prioritário da 1ª fase de vacinação. “Mesmo em número reduzido, sabemos que alguns profissionais da educação que estão na ativa já foram vacinados. Eles fazem parte do grupo que tem entre 60 e 64 anos. Um outro grupo de professores que possuem comorbidades também deve ser imunizado agora. Então, vamos trabalhar para iniciar a vacinação dos que ainda não estão nesse grupo. Com esse levantamento em mãos, iremos levar a proposta de vacinação para Comissão Intergestores Bipartites e trabalhar junto com as secretarias municipais para dar seguimento à imunização desse grupo”, finalizou.

Seduc e Sesapi debatem sobre vacinação para profissionais da educação
Foto: Reprodução/Secom Piauí

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias