ARROCHA PRIME - SUPER BANNER TOPO
CASO ANDRÉ

Após sofrer denúncia vereador André Silva compartilha "Nota Oficial" em sua defesa

André está sendo acusado de se apropriar do cartão de crédito de um morador de Mercês e fazer movimentações bancárias como saques e transfêrencias. Os valores estariam sendo depositados pela Prefeitura Municial.

15/08/2019 16h33Atualizado há 2 dias
Por: Sandro Araújo

A "Nota Oficial" em nome do vereador André Silva foi compartilhada na tarde desta quinta-feira, 15, em grupos de aplicativo de conversa.

Na nota, que não tem a assinatura do edil, afirma que as acusações são factoides , e que, a população de São Gonçalo, em especial, o povo de Mercês, sabe de sua índole e caráter, e jamais seria capaz de cometer qualquer ato ilícito, muito menos em relação ao suposto denunciante (Arisvaldo Augusto Correia dos Santos) que é pessoal da qual nutre os sentimentos de admiração e amizade.

Afirma também que está apurando a autenticidade do Boletim de Ocorrência (BO) da Delegacia Territorial de São Gonçalo dos Campos, e atribui a um ex-prefeito e ex-vereador, adversários políticos, a armação política objetivando denegrir sua imagem limpa e ilibada.

Denúncia

No final da manhã desta quarta-feira, 14, Arisvaldo Augusto Correia dos Santos, popularmente conhecido como Guto, morador do Distrito de Mercês, compareceu à Delegacia Territorial de São Gonçalo dos Campos e registrou um Boletim de Ocorrência denunciando o radialista e vereador do município André da Silva Oliveira, também morador da mesma localidade, lesá-lo e usá-lo como “laranja” desde 27 de setembro de 2018, quando prestou um serviço para a prefeitura, na reforma da Creche do Distrito, e solicitou do vereador André Silva que retirasse a quantia de R$ 600,00 em uma agência bancária no centro do município. O denunciante entregou seu cartão de crédito e senha ao vereador. Segundo Guto a quantia foi repassada, mas o cartão e senha não. O vereador alegou que apareceriam mais serviços, e, continuaria fazendo o “favor” de sacar os pagamentos e repassá-lo. os dias e meses foram passando, até ser advertido que seu nome estava na folha de pagamento da prefeitura e valores estavam sendo pagos. CONTINUE LENDO.

Leia a Nota Oficial na íntegra

O VEREADOR ANDRÉ SILVA, no exercício do seu direito de resposta, previsto na Lei Federal n.º 13.188/2015, solicita que o respeitado órgão de impressa proceda a divulgação da nota oficial abaixo no mesmo destaque, publicidade, periodicidade e dimensão como vem sendo foi feito até a presente data.

 

“Prezados amigos, amigas, eleitores e cidadãos de São Gonçalo dos Campos,

 

Na data de hoje fomos surpreendidos através das redes sociais, em diversos grupos de whatsApp, facebook, blogs e sites, com a veiculação de fotos e noticias relativas a um  suposto Boletim de Ocorrência que teria sido registrado pelo Sr. ARISVALDO AUGUSTO CORREIA, conhecido como “GUTO”, onde alega, em resumo, que este Vereador teria utilizado, sem a sua anuência, cartão de banco para a realização de  transações bancárias. 

 

Inicialmente, caso seja verdadeiro o referido Boletim de Ocorrência, rebatemos com veemência as acusações, pois a mesmas são inverídicas e devem ser fruto de alguma armação perpetrada por adversários políticos, que, na certa, estão se aproveitando de um cidadão de bem, que passa por desavenças familiares, portanto, em momento psicológico fragilizado, para criar factóides e denegrir de forma ilícita, indevida e inverídica a nossa imagem que é sólida e inabalável perante a sociedade são gonçalense.  

 

A população de São Gonçalo, em especial, o povo de Mercês, sabe da índole e caráter deste Vereador, portanto, que o mesmo jamais seria capaz de cometer qualquer ato ilícito, muito menos em relação ao suposto Denunciante que é pessoal da qual nutre os sentimentos de admiração e amizade, especialmente, por ser sogro de nossa filha e avô do nosso neto.      

 

Além disso, este Vereador jamais utilizou o cartão bancário do Sr. ARISVALDO AUGUSTO CORREIA ou de qualquer outra pessoa para fazer transações bancárias, quisá, sem a anuência dos seus titulares, conforme falsamente consta no suposto BO.

 

Nesta toada, caso o referido registro policial veiculados nas redes sociais seja verdadeiro, o Sr. ARISVALDO AUGUSTO CORREIA terá incorrido na prática do crime de denunciação caluniosa e/ou falsa comunicação de crime, portanto, responderá processo criminal por isto, razão pela qual, acreditamos que o mesmo, se tal registro o fez, quando recuperar a sua sã consciência, solicitará a imediata retirada perante a delegacia local, tendo em vista que tais fatos, repita-se, não condizem com a verdade.

 

Contudo, informamos a todos que estamos mantendo contato com a Delegacia de Polícia local, a fim de apurar a autenticidade BO veiculados nas redes sociais e, caso o mesmo seja verdadeiro ou não, iremos tomar todas as medidas cíveis e criminais contra os responsáveis pelo registro e divulgação, a fim de puni-los pelos crimes dos quais estou sendo vítima neste momento.

 

Inclusive já chegou ao nosso conhecimento que o Sr. ARISVALDO AUGUSTO CORREIA tem confessado a diversas pessoas e procedeu o suposto registro induzido por um ex-Prefeito e ex-Vereador, adversários políticos nossos, o que ratifica a tese de que tal situação trata-se realmente de uma armação política objetivando denegrir a imagem limpa e ilibada deste Edil.

 

Por fim, como dizia Winston Churchill: “A verdade é inconvertível, a malícia pode atacá-la, a ignorância pode zombar dela, mas no fim, lá está ela.”.”

 Por fim, nos colocamos à disposição de qualquer pessoa ou órgão, seja policial, judiciário ou de imprensa, para mais esclarecimentos que julgarem necessários.

São Gonçalo dos Campos, 15 de agosto de 2019.

 ANDRÉ SILVA

VEREADOR

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.