20°

Pancada de chuva

São Gonçalo dos Campos - BA

Polícia Operação

PRF na Bahia encerra Operação Corpus Christi causando um prejuízo superior a R$ 20 milhões no crime organizado com a apreensão de armas de fogo, munições, drogas e recuperação de veículos roubados

Dados do balanço também mostram queda acentuada no número de mortes, feridos e acidentes graves.

20/06/2022 às 14h52
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Polícia Rodoviária Federal - PRF
Compartilhe:
 Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos principais pontos de acidentalidade e incidência de práticas criminosas.
Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos principais pontos de acidentalidade e incidência de práticas criminosas.

 Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, às 23h59 deste domingo (19), a Operação Corpus Christi 2022 realizada nas rodovias federais que cortam a Bahia. Iniciada na última quarta-feira (15), as atividades de fiscalização e policiamento tiveram como foco principal: ações preventivas para redução da violência no trânsito e o enfrentamento a criminalidade.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos principais pontos de acidentalidade e incidência de práticas criminosas. Para isso, foram intensificadas rondas ostensivas nas rodovias com o posicionamento e patrulhamento estratégico das viaturas, distribuído em aproximadamente dez mil quilômetros de malha viária.

Para o combate, especialmente, de crimes como o tráfico de drogas, o contrabando de cigarros e crimes violentos, a Operação Corpus Christi foi pautada, além de informações qualificadas de inteligências, por dados estatísticos consolidados. Além disso, a operação também contou com policiais capacitados e especializados, emprego de técnicas avançadas de policiamento, tecnologia e a expertise dos PRFs, conscientes da missão institucional de proteger a sociedade.

Enfrentamento a criminalidade

A expertise policial permitiu realizar trabalhos de prevenção e manutenção da segurança viária e da mobilidade, sem deixar de lado as atuações no combate à criminalidade. As duas vertentes não estão dissociadas. Longe disso. A intensificação na fiscalização de trânsito durante o feriado fez com que a PRF BA obtivesse bons números no combate à criminalidade.

Durante os cinco dias da operação, as abordagens resultaram na apreensão de armas de fogo, quantidade expressiva de munições e de diversos tipos de drogas que causaram um prejuízo de aproximadamente R$ 20 milhões a toda estrutura logística e financeira das organizações criminosas.

Principais ocorrências

Na manhã de sexta-feira (17), em Amélia Rodrigues (BA), os policiais abordaram uma caminhonete Iveco/Daily. Durante os procedimentos de fiscalização e vistoria no interior do veículo, foram encontrados diversos sacos com maconha in-natura, totalizando cerca de 505 quilos da droga. O motorista disse que tinha saído do Maranhão e tinha como destino a capital baiana. Os PRFs também descobriram que o carro era roubado e que o condutor tinha apresentado um CRLV falso. Vídeo (CLIQUE NO LINK): https://youtu.be/a5-eVt0vO6Y

Já na madrugada de sábado (18), um casal foi preso em Vitória da Conquista (BA), transportando 250 munições; 09 armas de fogo de origem estrangeira; 13 carregadores para munição e mais de 11 Kg de drogas (cocaína e crack). Eles estavam a bordo de um Fiat/Uno com placas do Ceará. Chamou a atenção dos policiais o nervosismo do casal e também as respostas desencontradas. Foi feita então uma busca mais detalhada e a equipe acabou encontrando o arsenal que estava escondido num compartimento secreto do painel do carro, que era aberto através de um acionamento eletrônico. O motorista relatou que o carregamento foi realizado no Rio de Janeiro e tinha como destino a cidade de Feira de Santana. Disse também que ganharia R$ 2 mil pelo serviço. Os dois foram presos pelos crimes de tráfico de drogas (art. 33 da lei de tóxicos) e comércio ilegal de arma de fogo (art. 17 do estatuto do desarmamento). Vídeo (CLIQUE NO LINK): https://youtu.be/7McPCliNsAw

Por último, na noite deste domingo (19), uma ação exitosa de polícias rodoviários federais realizada em conjunto com policiais militares da CIPE CENTRAL , resultou na apreensão de 1 fuzil calibre 7,62; 2 submetralhadoras calibre .40; 943 comprimidos de ecstasy; 64 kg de cocaína; 1.972 kg de maconha; 9 kg de skank além de 12 kg de crack. O flagrante foi registrado na cidade de Iramaia, distante 405 quilômetros de Salvador. Todo o material estava dentro de um caminhão e cinco traficantes foram presos nessa ocorrência, que causou um prejuízo superior a 16 milhões de reais. Vídeo (CLIQUE NO LINK): https://youtube.com/shorts/PnR80eLTqGY?feature=share

Destacamos também a recuperação de 8 veículos com registro de roubo ou furto. 19 pessoas foram detidas por diversos crimes. As abordagens resultaram ainda na apreensão de 29 comprimidos de anfetaminas e no resgate de 47 aves silvestres.

Segurança Viária

Durante as abordagens, os policiais buscaram conscientizar motoristas e passageiros a respeito de condutas prudentes no trânsito, como por exemplo, a importância do uso do cinto de segurança, da acomodação correta das bagagens, do bom estado de conservação e regularização do veículo e, claro, da obediência às leis de trânsito.

Apesar de todo o trabalho educativo, muitas pessoas se arriscaram e colocaram a vida de outras pessoas também em risco. Nestes quatro dias de atividades a PRF BA emitiu 4.213 notificações referentes a infrações diversas.

Foram fiscalizados um total de 7.581 veículos e 8.403 pessoas no período da operação, nos cerca de dez mil quilômetros de rodovias federais da circunscrição da PRF na Bahia. Um dado muito importante foi o aumento no número dessas fiscalizações, sendo de veículos, um acréscimo de 100% e de pessoas um aumento de 86%.

A pressa também fez muita gente ultrapassar de forma proibida. De 15/06 a 19/06 foram 1.076 autos extraídos desse tipo de infração, representando nove flagrantes por hora de operação. Esse tipo de ultrapassagem é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário.

Para evitar a violência no trânsito, os policiais intensificaram a fiscalização preventiva e no que se refere aos testes de alcoolemia com o ‘bafômetro’ houve um acréscimo substancial de 1.187%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Durante as abordagens, foram realizados 5.190 testes com etilômetro (aparelho utilizado para aferir a quantidade de álcool ingerido pelo condutor, conhecido popularmente como bafômetro), totalizando 109 condutores autuados por alcoolemia ao volante nas modalidades constatação e recusa. O número de motoristas flagrados no dirigindo alcoolizado ao volante representou um aumento de 260% em relação ao ano anterior.

Lembramos que dirigir sob a influência de álcool é um crime previsto no Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, se o teor do teste for igual ou superior a 0,3mg de álcool por litro de ar alveolar, ou se o motorista apresenta sinais e sintomas de embriaguez e se recusa ao teste. A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da habilitação. A multa tanto para qualquer índice positivo de embriaguez ou recusa ao teste é de R$ 2.934,70 e o condutor pode ter o direito de dirigir suspenso por até 12 meses. Em caso de reincidência em 12 meses, o valor dobra.

Nas fiscalizações, a PRF também emitiu 35 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 297 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 51 autos foram emitidos. Perigo também geraram os 23 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam.

Foram também retiradas de circulação mais de 213.559 quilos de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico. Já, 124 profissionais do volante foram flagrados desrespeitando a Lei do Descanso.

Acidentes, feridos e óbitos

Em relação ao mesmo período do ano anterior, a PRF na Bahia registrou uma redução de 43% no número de mortes, 14 em 2021 contra 8 este ano. Nos cinco dias de operação, foram registrados 63 acidentes. Destes, 15 foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente. Do total de acidentes registrados, 39 pessoas ficaram feridas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias