Dólar comercial R$ 5,09 0.2%
Euro R$ 6,05 +0.17%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.08%
Bitcoin R$ 209.660,36 -1.968%
Bovespa 124.731,35 pontos -0.75%
São Gonçalo Solidariedade

Famílias em situação de insegurança alimentar aguardam por Kit Alimentação e cestas do CRAS em São Gonçalo

Busca por emprego e doações de alimentos estão entre as principais necessidades

14/04/2021 16h01 Atualizada há 3 meses
Por: São Gonçalo Agora

Cresce cada vez mais o número de pessoas que estão passando por algum tipo de necessidade nesta nova fase da pandemia da Covid-19. Busca por emprego e doações de alimentos estão entre as principais necessidades, principalmente se analisado o perfil do cidadão.

Pessoas sem emprego fixo e que vivem de bicos, diaristas, vendedores ambulantes, autônomos e que trabalham com pequenos negócios estão entre os mais afetados. Esses dependem muito da ajuda de algum auxílio ou benefício financeiro e até mesmo das ações via assistência social.  

Em São Gonçalo dos Campos, assim como em grande parte do País, a pandemia já tem causado o desemprego e fome de muitas famílias. Um dos casos chegou a ser televisionado e causou grande repercussão.

As famílias de alunos da rede municipal, que por Lei, durante a pandemia, devem receber o Kit Alimentação Escolar, e famílias que também contam com a ajuda do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) desde o início do retorno das aulas cobram da gestão municipal as devidas assistências, paralisadas desde o fim do ano passado (2020).

Em busca de esclarecimentos da gestão municipal, fomos informados que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (SEMDES) já realizou a aquisição de cestas básicas para a concessão dos benefícios eventuais, de forma emergencial. Inicialmente, a aquisição foi feita em um valor reduzido por conta da situação que o município foi encontrado pela gestão atual. Entretanto, ainda neste mês, deve ser publicado o edital de abertura da licitação para compra de mais cestas.

A Lei Municipal 741/2010 prevê critérios para destinação dessas cestas, a exemplo de famílias em situação de insegurança alimentar e em que o responsável familiar se encontra em situação de desemprego, abandono ou falecido. Vale salientar que por a política de assistência social ser uma política focalizada, a mesma irá levar em consideração, para a concessão dos benefícios, prioridades das famílias mais vulneráveis, seja em âmbito familiar, econômico e social.

Informou também que a Prefeitura já abriu licitação, na modalidade de pregão eletrônico, para aquisição de gêneros alimentícios a fim de compor a merenda escolar.  Serão ofertados 10 itens escolhidos com base na tabela nutricional do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

A ajuda chega com certo atraso, mas com certeza trás também esperança para muitas famílias. Só não foi informado ainda quando essas cestas e o Kit chegarão até essas famílias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias