HJ STOREBR - super banner topo
contingenciamento

Juíza Federal da Bahia determina que MEC suspenda “cortes”

Lagosta ao molho de manteiga queimada, arroz de pato e bons vinhos continuam sendo lanchinho barato

08/06/2019 08h01
Por: Sandro Araújo

A juíza Renata Almeida, da 7ª Vara Federal da Bahia, acaba de ordenar que o Ministério da Educação - MEC suspenda imediatamente os "cortes" em universidades federais.

Uma violência institucional lastreada pela ignorância do que seja o Erário, as contas públicas e o que vem a ser "contingenciamento".

Não espanta que alguém do Poder Judiciário não entenda o que é economia num país em momento falimentar causado por duas décadas de gestão da esquerda odebrechtiana.

Afinal, continuam sendo os maiores salários da República e fazendo licitação para forrar o estômago com medalhões de lagosta ao molho de manteiga queimada, arroz de pato e vinhos premiados envelhecidos em barris de carvalho puro.

O exemplo vem lá de "cimão", não é verdade, Dias Toffoli?!

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias