Segunda, 19 de Abril de 2021
75 98175-0580
Polícia Novamente foragido

Em menos de 15 dias Rafael Cigano consegue fugir do Complexo do Sobradinho em Feira de Sanatna

O foragido é acusado do latrocínio do comerciante Raimundo Reis Borges Santana, praticado em 2017, no Magalhães, em São Gonçalo dos Campos

05/03/2021 09h51 Atualizada há 1 mês
Por: São Gonçalo Agora
Rafael Cerqueira de Jesus, 37 anos, vulgo “Rafael Cigano”
Rafael Cerqueira de Jesus, 37 anos, vulgo “Rafael Cigano”

O assassino de alta periculosidade Rafael Cerqueira de Jesus, 37 anos, vulgo “Rafael Cigano”, potencializa seus feitos na ficha policial, agora por conseguir  fugiu da carceragem do Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho em Feira de Santana, fato que ocorreu dia 26/02. O indivíduo não ficou nem 15 dias preso.

Ele é acusado do latrocínio do comerciante Raimundo Reis Borges Santana, 43 anos, praticado em 4 de agosto de 2017, no povoado de Magalhães, em São Gonçalo dos Campos e tentativa de homicídio contra uma adolescente em São Paulo, para onde fugiu após o crime contra o comerciante.

De acordo com a 1ª Coordenadoria Regional de Polícia (Coorpin), a ausência de Rafael Cigano foi notada durante a contagem de presos. “No dia 26 de Fevereiro, durante revista e contagem de presos no Complexo do Sobradinho, constatou-se a ausência de um detento oriundo da Comarca de São Gonçalo dos Campos. As investigações agora prosseguem para averiguar as circunstâncias da fuga e recaptura do preso”.

Segundo informações de uma fonte parceira deste portal, Rafael Cigano fugiu pela porta da frente, ao se passar por outro detento agraciado por um alvará de soltura. O fato é realmente muito estranho, a facilidade como a fuga aconteceu pede rigorosa investigação. Como um detento fica sabendo de um alvará de soltura de outro detento e ainda sai se passando por ele? E o detento agraciado pelo alvará e sua defesa, não reivindicaram a possível confusão? Se realmente essa hipótese for verdade, o próximo capítulo dessa "novela" será surpreendente. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias