Segunda, 19 de Abril de 2021
75 98175-0580
Geral Segurança

Equipamentos que reduzem o risco de queda de objetos no trabalho

Em todas essas situações, é imprescindível o uso de medidas e equipamentos de segurança, garantindo um menor risco de quedas.

04/03/2021 09h34 Atualizada há 1 mês
Por: São Gonçalo Agora
Equipamentos que reduzem o risco de queda de objetos no trabalho

No cenário atual, destaca-se o uso da tecnologia, incluindo maquinários e ferramentas que facilitam e agilizam o trabalho. Diante das frequentes novidades criadas para auxiliar as indústrias, a segurança no local de trabalho torna-se uma necessidade, a fim de evitar incidentes.
 
Há sempre um risco quando se trabalha em locais altos, em climas extremos, ou quando se utiliza ferramentas e máquinas. Em todas essas situações, é imprescindível o uso de medidas e equipamentos de segurança, garantindo um menor risco de quedas. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) destaca que a maioria desses casos ocorre na construção civil, no transporte de carga, no comércio e nos hospitais e estão ligados ao uso de veículos motorizados, andaimes, estruturas e escadas. Quando se fala em soluções de prevenção contra Queda de Objetos, pode-se definir acidentes de dois tipos: em condição estática e em condição dinâmica.
 
Os incidentes estáticos são aqueles em que um objeto fixo cai sem que tenha recebido algum tipo de estímulo. Em muitas situações, são resultado de uma instalação mal feita, falta de manutenção ou corrosão. No caso de queda de objeto dinâmico, teremos uma força direcionada, como ao se derrubar ferramentas, deixar um produto cair de uma esteira ou ter itens deslocados de lugar devido a ventos fortes.

Acompanhando os avanços tecnológicos, as empresas destinadas à produção de equipamentos de segurança lançam itens cada vez mais eficientes na prevenção de incidentes no trabalho. É o caso, por exemplo, das redes feitas em aço inoxidável. Este item suporta temperaturas extremas (tanto em ambientes superaquecidos, quanto naqueles abaixo de zero), sendo utilizado para prender objetos como luminárias à estrutura, impedindo que os mesmos possam se soltar e despencar ferindo pessoas ou danificando outras peças. Semelhante às redes, existem as bolsas, projetadas para uso em equipamentos portáteis. Também produzidas com aço inoxidável, ficam presas à estrutura, porém, possuem uma alça, para que possam ser manuseadas pela equipe. As bolsas são ideais para latas de spray em aerosol, rádios bidirecionais, multímetros e detectores de gás portáteis. As barricadas são correntes que reforçam e melhoram a segurança, incluindo cartazes refletivos de alerta ou perigo. São personalizáveis, podendo se adaptar a qualquer espaço, inclusive áreas externas, e confeccionadas em material resistente às intempéries. Indicada para vias de acesso, passarelas elevadas e escadas, a barreira garante que não haja queda nem mesmo de objetos pequenos, devido à sua trama trazer uma abertura pequena, resistente a fortes impactos. Esta proteção é conectada no interior de grades. Da mesma forma que os demais itens destinados à segurança, a barreira também suporta climas extremos e é projetada para resistir a ventos fortes como os de furacões.

Por fim, é possível utilizar pequenos acessórios para garantir menos riscos de incidentes. Mosquetões, fechaduras, eslingas, algemas e cabos de segurança também fazem parte dos produtos criados em materiais resistentes e eficazes na prevenção de acidentes. Seu uso se destina a situações em que os demais itens de proteção não conseguem atender, como garantir que uma fechadura não caia.
 
É importante lembrar que a queda de objetos é muito comum, portanto, os itens de segurança são pensados para minimizar riscos, sem que isso afete a produtividade no trabalho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias