Segunda, 19 de Abril de 2021
75 98175-0580
Política Mínimo resumo

Como será fevereiro para a gestão de Tarcísio sendo que janeiro ficou marcado por sérias turbulências?

A grande dúvida é: tudo foi superado ou faturas chegarão para a conta do prefeito?

04/02/2021 10h03 Atualizada há 2 meses
Por: São Gonçalo Agora
Foto: Reprodução da rede social
Foto: Reprodução da rede social

O início da gestão do prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcísio Torres Pedreira, tem enfrentado certas turbulências e isso já é percebido pela população.

O prefeito, que ainda se quer sentiu de fato o peso de sua oposição na Câmara, liderada pelo presidente o vereador Josué de Oliveira, Joca, no primeiro mês de governo já teve de cara problemas como o rompimento com o ex-prefeito Carlos Germano, limpeza pública, salário dos servidores, possíveis desentendimentos familiares e que envolvem diretamente a composição do governo, desistência do secretário de planejamento, Dr. Danilo Silva, e, para completar, a suposta denúncia ao TSE, relatada pelo Dr. Domingos Arjones, advogado do interessado na ação, o empresário Evanildo Borges, Argolinha, 2º colocado nas Eleições 2020.

Até onde se sabe o racha com o ex-prefeito se deve ao não cumprimento de acordos feitos durante a junção nas eleições 2020. As negociações teriam ocorrido entre Germano e o ex-deputado Dr. Targino, que tinha aval para tal, e consequentemente houve a aceitação do candidato eleito. Não há informações do que foi acordado, mas sem sombra de dúvida, não ter honrado acabou sendo o estopim que deu munição para a denúncia por compra de voto, supostamente praticado pelo grupo do atual prefeito. Segundo apurado, todas as conversas durante pós-negociação e que envolvem candidatos a vereadores eleitos e derrotados fazem parte do processo. Isso só a justiça pode esclarecer. É Fato ou Fake?

Os ataques ao grupo do presidente da Câmara, Joca, que foi chamado de ladrão, integrante de quadrilha durante a eleição para a presidência da casa também pesam contra o gestor, e, possivelmente, como início de resposta, além de ter perdido a eleição da presidência, pode ter insuflado o grupo a também trabalhar na composição de supostas provas para a tal denúncia.

A parte que envolve os servidores públicos, os salários de dezembro, pagos apenas 33% aos servidores, também vem gerando grande desconforto para a classe. Anterior ao pagamento houve manifestação por parte dos garis com repercussão em rádio e até cobertura por uma emissora de TV de Feira de Santana. Os servidores aguardam o restante do pagamento.

Tanto o problema com a folha de dezembro passado como a limpeza pública (já resolvido), segundo a gestão, são dívidas herdadas do governo anterior. Integrantes da gestão passada dizem que ficou recurso em conta.

E por fim, pelo menos por enquanto, essa semana ocorreu à desistência do cargo de secretário de planejamento, que era ocupado pelo advogado Dr. Danilo Silva, braço forte e linha de frente durante toda a campanha que elegeu o prefeito. Segundo apurado, motivações pessoais fizeram com que o Dr. abdicasse do cargo. Uma fonte dentro da prefeitura informou que a saída do secretário pode ter haver com a forma com que a gestão vem sendo conduzida, mas não deu mais detalhes.

Embora o prefeito Tarcísio Pedreira venha demonstrando serenidade diante dos últimos acontecimentos, ainda sim, existe um resquício de que pode estar bastante preocupado. Para a população não existe união sem acordo. E como essa população conhece bem a política local, nada diferente da nacional, sabendo também de todos os relatos hora ocorridos na reta final da campanha, não ler ou ouvir algum esclarecimento pontualmente com relação à suposta denúncia, com referência ao conteúdo levado a público, parece não agradar opositores e boa parte dos apoiadores.

Com certeza é um ano que promete muitas emoções. Que continue acontecendo o melhor para São Gonçalo. Vamos aguardar!

PUNLICIDADE

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias