Quarta, 27 de Janeiro de 2021
75 98175-0580
Brasil Pandemia

12 capitais têm alta de covid e avanço chega ao interior, diz Fiocruz

Tendência de alta de covid-19 que há um mês se restringia aos estados do Nordeste se espalhou pelo país, mostra análise do InfoGripe

28/11/2020 08h23
Por: Sandro Araújo
12 capitais têm alta de covid e avanço chega ao interior, diz Fiocruz

 

Há menos de um mês, o grupo de pesquisadores do InfoGripe, da Fiocruz, escrevia em seu boletim semanal que havia um sinal de alerta às autoridades sobre o coronavírus no Brasil. Naquela semana, no fim de outubro, nove das 27 capitais brasileiras tinham tendência de alta de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que são um indicador que tem mostrado o avanço da covid-19 na falta de testes.

Passadas três semanas, o cenário ficou um pouco mais grave. Agora, 12 capitais brasileiras registram tendência de alta forte ou moderada nos casos.

Se nas outras semanas a alta ficava restrita sobretudo aos estados da região Nordeste — com exceção de Florianópolis (SC), que vinha em alta constante –, desta vez, estados do Sul e do Sudeste também passaram a preocupar, diz o coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes.

“Se antes nós tínhamos situações localizadas, agora já vemos um cenário mais espalhado e disperso em todo o país”, diz. “Nós estamos falando sobre capitais, mas temos visto avanço simultaneamente também no interior dos estados.”

O problema do avanço também no interior leva a um cenário diferente da “primeira onda” de contágios, que começou por volta de março. Naquele momento, o vírus entrou no Brasil por meio dos grandes centros — como São Paulo, até hoje a cidade com mais casos — e demorou até se espalhar para outros estados e para o interior. Desta vez, já há casos ativos nesses lugares.

“Em vez de questões localizadas, agora o desafio está disperso no território. Há muitos lugares com situação parecida, não é só mais a capital, o que pode ter um impacto na rede de atendimento. É uma dificuldade adicional para a gente lidar”, diz Gomes.

O Infogripe faz as projeções com base em dados reportados pelos estados ao Ministério da Saúde sobre os casos de SRAG. Os dados são referentes às semanas anteriores ao boletim, com dados da semana epidemiológica 47, encerrada em 21 de novembro.

No combate à pandemia, até que se tenha uma vacina, vale a máxima: fazer cair a curva de contágio é muito difícil e demorado, mas descuidos pequenos podem fazê-la voltar a subir muito mais rapidamente.

“Há uma série de ações que podemos tomar, cada um no seu âmbito: governos, empresas e indivíduos. Nenhuma delas tem capacidade de sozinha erradicar ou frear os contágios, mas esses grupos precisam trabalhar em conjunto”, diz Gomes, da Fiocruz. O cenário em que o Brasil estará nos próximos meses dependerá dos cuidados de todos agora.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo dos Campos - BA
Atualizado às 01h46 - Fonte: Climatempo
23°
Muitas nuvens

Mín. 22° Máx. 30°

23° Sensação
8.5 km/h Vento
85.7% Umidade do ar
90% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (28/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol e Chuva
Sexta (29/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 30°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias