Quinta, 01 de Outubro de 2020
75 98175-0580
Especiais Artigo

Fome De Poder: a verdadeira história do fundador do McDonald’s

Você acha que uma pessoa aos 50 anos de idade já teve todas as oportunidades possíveis e que precisa aceitar o que já conseguiu adquirir durante esse meio século?

24/08/2020 10h29 Atualizada há 1 mês
Por: Sandro Araújo Fonte: Claudomiro de Araújo
Fome De Poder: a verdadeira história do fundador do McDonald’s

 

“Um livro excepcionalmente valioso àqueles que desejam construir a própria empresa, independentemente da fase de vida”. Até mesmo os inimigos de Ray Kroc concordam que havia três coisas que ele fazia extremamente bem: vender hambúrgueres, ganhar dinheiro e contar histórias. Poucos empreendedores podem afirmar que mudaram radicalmente a maneira como vivemos; Ray Kroc foi um deles.

Suas revoluções em automação do serviço de alimentação, franquias, treinamento compartilhado e publicidade rederam-lhe um lugar ao lado dos homens e mulheres que fundaram não apenas empresas, mas impérios. Sem personificar o típico magnata, ele tinha 52 anos quando abriu sua primeira franquia, mostrando que nunca é tarde para começar. Em Fome de Poder, você conhecerá o homem por trás do McDonald’s e verá que suas estratégias ainda são muito válidas para nossos tempos.

Resumo Inicial

Você acha que uma pessoa aos 50 anos de idade já teve todas as oportunidades possíveis e que precisa aceitar o que já conseguiu adquirir durante esse meio século?

Bem, se sua resposta for sim, Ray Kroc pode provar que você está enganado. Na realidade, a vida profissional dele teve um “boom” após os 50 anos. Em alguns anos, ele tornou-se multimilionário e conhecido por ter comprado a rede de hambúrgueres mais famosa de todos os tempos: o McDonald’s. 

Narrado em primeira pessoa, o livro conta sua trajetória de vida. O autor fala abertamente sobre todas as decisões que tomou durante sua carreira, das quais muitas foram amplamente criticadas. Entretanto, se essas decisões foram corretas ou não, o fato é que elas permitiram que o McDonald’s se tornasse uma das maiores redes de fast food no mundo todo, prezando sempre pela qualidade do produto e satisfação do cliente.

O Autor

Raymond Alexander, conhecido como “Ray” Kroc, foi um empresário norte-americano. Em seu livro “Fome de Poder”, lemos a autobiografia dele, na qual ele conta principalmente como deixou de ser um frustrado vendedor de multimixers para tornar-se o dono da rede McDonald’s aos 52 anos de idade.

A Infância e Juventude de Raymond

Desde pequeno, Raymond sempre tentava ganhar dinheiro de alguma forma. Algumas de suas tentativas foram: montar uma barraca de limonada, trabalhar em uma mercearia, trabalhar em uma sorveteria e trabalhar na farmácia de seu tio.

Ele também iniciou uma lojinha de música juntamente de dois amigos, a qual faliu pouco tempo depois. Depois, ele tocou piano em bares para ganhar dinheiro, e até mesmo chegou a vender tecidos de porta em porta.  Enfim, ele sempre estava em ação.

O autor conta que, enquanto trabalhava na sorveteria, aprendeu que era possível influenciar pessoas com um sorriso e com entusiasmo. Dessa forma ele vendia para a pessoa um sorvete quando, na verdade, ela queria apenas um café.

Quando era jovem, ele conseguiu um emprego tocando em uma banda, e foi em uma de suas apresentações que conheceu sua futura esposa: Ethel Fleming. A fim de adquirir renda fixa para se casar, Raymond conseguiu um emprego como vendedor de copos de papel da marca Lily e, em pouco tempo, conseguiu se destacar dos outros vendedores.

Ele percebeu que os clientes apreciavam uma abordagem direta, e que a probabilidade de compra era maior se ele realizasse o pedido de seus clientes sem enrolar muito. Além disso, caso um cliente começasse a parecer inquieto, olhando sempre para o relógio, Raymond parava de falar e anotava o pedido.  Com essa abordagem, ele conseguia vender mais do que os outros.

O autor, ainda, dava novas idéias aos seus chefes para que as vendas aumentassem. Ele tinha visão do negócio, sabia o que poderia ajudar nas vendas e tudo isso permitiu que ele tivesse cada vez mais oportunidades. Raymond ensinou que é importante ter boa aparência, usar um terno bem ajustado, sapatos bem polidos, cabelos penteados e unha limpa. Como é possível realizar uma venda se alguém não vende a si mesmo em primeiro lugar?

Durante suas vendas, Raymond conheceu um cliente que vendia multimixers para o preparo de milk shakes. O autor recebeu uma oferta de emprego como representante de vendas exclusivo do Multimixer e decidiu aceitar. Mal sabia ele que esse emprego permitiria uma revolta em sua vida.

O Surgimento de Ray Kroc

 Enquanto vendia suas máquinas de fazer milk-shake, Raymond recebeu um pedido de oito máquinas em um restaurante na Califórnia, chamado McDonald’s, e isso o intrigou. Ele dirigiu até o local e começou a observar o movimento. Verificou que esse local era bem diferente de todos os restaurantes que havia visitado.

Consistia em um drive in, cujo menu era enxuto, com poucas opções, e o atendimento funcionava no modelo self-service. Os donos, conhecidos como irmãos Dick e Mac McDonald’s, mostraram para ele todo o funcionamento do restaurante.

Eles possuíam um sistema de linha de montagem diferente, onde cada um dos funcionários sabia exatamente o que fazer entregar os lanches dos clientes no menor tempo possível. “A simplicidade do processo permitiu aos McDonald’s se concentraram na qualidade de cada etapa, e esse era o truque”.

Assim que conheceu esse modelo de restaurante criado pelos irmãos McDonald’s, Raymond teve a visão de que novas franquias do estabelecimento seria um sucesso no país todo. De início, os irmãos não queriam mudar sua rotina, nem expandir o restaurante, porém, Ray os convenceu de que se ele cuidasse das franquias, conseguiria expandir o negócio sem que o produto perdesse a qualidade. Ainda, garantiu que tudo seria aprovado por eles antes.

Aos 52 anos de idade, então, começa a jornada de Ray Kroc, a qual possibilitou que ele se tornasse o futuro dono do McDonald’s.

A Expansão do McDonald’s

No decorrer do tempo, Ray começou a ficar inquieto com alguns aspectos que queria mudar nas franquias, os quais não eram permitidos pelos irmãos McDonald’s. Segundo o contrato, tudo deveria ser aprovado por eles. Os desentendimentos com os irmãos passaram a ser freqüentes, e Ray se sentia de mãos atadas.

A fim de ter sua “liberdade”, ele criou uma empresa à parte, da qual ele mesmo era o proprietário, e registrou-a como McDonald’s – obrigando os irmãos a pararem de usar o nome no restaurante. Um erro fatal dos irmãos foi que eles não tinham registrado a marca, e acabaram perdendo o direito de usá-la. Após esse episódio, Ray desfez a parceria e assumiu o controle do negócio sem os irmãos.

Entre altos e baixos, erros e acertos, conquistas e decepções, Ray Kroc transformou o McDonald’s em uma das redes de fast food mais famosas o mundo inteiro. O McDonald’s deixou de ser apenas uma unidade, e abrangia – até o final do livro – mais de 8.000 lojas, gerando mais de U$9 bilhões de faturamento na época.

Os Principais Ensinamentos de Ray Kroc

Raymond faleceu em 1984, aos 82 anos de idade, de insuficiência cardíaca. Porém, deixou ensinamentos que podem e devem ser seguidos por qualquer pessoa que deseja iniciar um empreendimento. Esses ensinamentos serão listados abaixo, tendo como exemplos algumas ações e decisões de Ray Kroc no mundo dos negócios.

1.    Assuma riscos;

2.    Não permita que os problemas te desanimem;

3.    Acredite no seu produto;

4.    Não tolere desonestidade;

5.    Não crie tráfego improdutivo na sua loja;

6.    Não misture sócio com cliente;

7.    Não interfira nas decisões de um contratado;

8.    Trabalhe buscando os princípios QSL e V (Qualidade, Serviço, Limpeza e Valor);

9.    Deixe suas idéias de lado por uma noite;

10. Facilite o trabalho de seus funcionários;

11. Evite contratar pessoas avarentas;

12. Seja flexível;

13. A fome de poder diminui, mas nunca é saciada;

14. Currículo não é tudo;

15. Escolha seus sócios com cuidado;

16. Não tenha medo da rejeição;

17. Aprenda com os erros;

18. Esteja preparado para fazer alguns sacrifícios;

19. Seja persistente;

20. Ninguém está velho demais para prosperar.

Resumo Final

Independente de qual é o seu sonho, saiba que você pode realizá-lo se tiver persistência, determinação e, quem sabe, um pouco de sorte. Ninguém é muito velho para prosperar. Ray Kroc é o perfeito exemplo disso. Muitas de suas decisões certamente não foram fáceis de serem tomadas, mas ele sabia que, posteriormente, seria recompensado. Você tem fome de quê? De poder? De sucesso? De uma vida amorosa? Assim como Ray, não desista até que ela seja saciada.

*Claudomiro de Araújo – (Cau Negão) é ao mesmo tempo cosmopolita, são-gonçalense, ouvinte e colaborador dos Programas Planeta Notícias e O Pulo do Gato da Rádio São Gonçalo assim como do blog/site São Gonçalo Agora. Críticas, elogios e sugestões: E-mail [email protected] ou Whats’App +55 71 98132-3876

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo dos Campos - BA

São Gonçalo dos Campos - Bahia

Sobre o município
São Gonçalo dos Campos é um município brasileiro do estado da Bahia, localizado a 108 km da sua capital, Salvador, localizada na Região Metropolitana de Feira de Santana. Sua população em 2018 era de 37 139 habitantes, sendo o terceiro município mais populoso da RMFS. Conhecida como cidade Jardim, pelo seu alto índice de arborização e árvores centenárias. É banhado pelo Rio Jacuípe e possui uma vegetação que alterna Florestas Tropicais e Cerrados. Está geograficamente no recôncavo baiano.
São Gonçalo dos Campos - BA
Atualizado às 04h28 - Fonte: Climatempo
20°
Pancada de chuva

Mín. 20° Máx. 28°

20° Sensação
8.8 km/h Vento
91.6% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (02/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol e Chuva
Sábado (03/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias