Quinta, 02 de Dezembro de 2021
28°

Pancada de chuva

São Gonçalo dos Campos - BA

Justiça Tocantins

Seciju reúne servidores do Sistema Socioeducativo para formação continuada sobre o Plano Político Pedagógico

Plano norteia o atendimento socioeducativo para melhor execução da política

19/10/2021 às 17h55
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
O evento abordou a Resolução que rege o PPP, modelo de estrutura, desenvolvimento e a funcionalidade do Projeto - Foto: Márcia Rosa/Governo do Tocantins
O evento abordou a Resolução que rege o PPP, modelo de estrutura, desenvolvimento e a funcionalidade do Projeto - Foto: Márcia Rosa/Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) realizou nesta terça-feira, 19, uma capacitação continuada para os servidores do Sistema Socioeducativo voltada à formulação do Projeto Político Pedagógico (PPP), que norteia o atendimento socioeducativo para melhor execução da política socioeducativa.

O evento foi promovido pela Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional do Sistema Socioeducativo, juntamente com as Gerências de Promoção dos Direitos da Primeira Infância e dos Direitos da Criança e do Adolescente da Seciju. O intuito é aprimorar o conhecimento dos servidores na elaboração do PPP para uma melhoria contínua das ações pedagógicas voltadas aos adolescentes, em cumprimento de medida socioeducativa.

A superintendente de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Rute Andrade, exaltou o papel dos entes que integram o Projeto. “Precisamos pensar que o PPP é o norteador da política e, por meio dele, busca-se concretizar as ações que envolvem o atendimento socioeducativo. O papel de cada um é fundamental na elaboração e na continuidade do mesmo durante o processo socioeducativo”, frisou.

Plano Político Pedagógico

Instituído no Estado do Tocantins em 2016, o Plano Político Pedagógico norteia o atendimento socioeducativo para melhor execução da política nas unidades, englobando educação formal, profissionalização, saúde, esporte, lazer, espiritualidade e cultura por meio de parcerias entre o estado, a sociedade e a família, em conformidade com as diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

O gerente da Escola, Claudemir Prevital, explica a importância desta formação para os servidores que atuam no Sistema Socioeducativo. “É um momento muito importante considerando que buscamos aprimorar o conhecimento dos servidores na execução da medida socioeducativa por meio do PPP elaborado por cada unidade”, destacou.

Abordagens

A vice-presidente do Conselho da Criança e do Adolescente (Cedca) ligado à Seciju e uma das palestrantes no evento, Julane Marise, trouxe a temática sobre a Resolução que rege o PPP. “Apresentamos a Resolução n° 9, deliberada pelo Cedca que pontua a elaboração do PPP, como documento obrigatório dentro do Sistema Socioeducativo que define a ambição das Instituições, suas diretrizes e as ações que devem ser executadas durante o processo socioeducativo. Trata-se de um documento feito coletivamente, com um alvo comum que é o adolescente e a socioeducação”, ressaltou.

Julane Marise reforçou que o PPP é um documento essencial que deve ser elaborado com a participação da política intersetorial, da comunidade, dos adolescentes e da família, ancorado, sobretudo, no protagonismo do adolescente.

Já a gerente de Gestão Educacional da Seduc, Lêda Maria Fagundes, pontuou sobre a capacitação na construção do Projeto Pedagógico. “A legislação assegura o PPP em todas as unidades socioeducativas e, baseado nisso, abordamos toda a estrutura necessária para a sua elaboração, de como desenvolvê-lo em conjunto com todos os segmentos envolvidos com as medidas socioeducativas e sua funcionalidade, tendo como foco principal melhorar o ambiente onde os adolescentes cumprem medidas”, destacou.

Presença

Presente no evento a diretora de Direitos Humanos da Seciju, Sabrina Ribeiro; representando a secretária de Estada Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana da Costa Ferreira Aguiar, o responsável técnico pelas Unidades Socioeducativas da Diretoria de Políticas Educacionais, Israel de Freitas; a superintendente de Educação Básica da Seduc, Markes Cristiana Oliveira e a gerente de Execução de Jovens e Adultos, Eliziete Paixão.

(Colaboração: Lauane dos Santos/Governo do Tocantins)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias