Domingo, 05 de Julho de 2020 16:18
75 98175-0580
Política Educação

Weintraub faz pedido de demissão em vídeo com o presidente Jair Bolsonaro

Situação do ministro da Educação se tornou insustentável e passou a ser prejudicial para o governo Bolsonaro

18/06/2020 17h35
Por: Sandro Araújo
Weintraub faz pedido de demissão em vídeo com o presidente Jair Bolsonaro

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou por volta das 16h desta quinta-feira (18), que vai deixar o comando da pasta nos próximos dias depois de garantir uma transição.

Ao confirmar a saída do ministério, Weintraub elogiou os valores defendidos por Bolsonaro e disse que encerra um ciclo e começa outro. Economista ex-diretor e ex-CEO do Banco Votorantim, Weintraub revelou que recebeu convite para ser diretor do Banco Mundial, convite que foi referendado pelo presidente.

O agora ex-ministro agradeceu o carinho recebido por ele e pela família dos apoiadores. “Eu achava que tinha pouco Weintraub aqui no Brasil, mas eu sinto que vocês fazem parte da minha família e hoje eu acho que tem muitos Weintraubs. Muito Obrigado”, disse.

Depois do pedido de demissão, o presidente afirmou ser um momento difícil, mas reiterou que todos os compromissos de campanha continuam de pé. “A confiança você não compra, você adquire”, disse.

Segundo Bolsonaro, todos sabem “o que o Brasil está passando” e que o momento é de confiança. “Jamais deixaremos de lutar por liberdade. Eu faço o que o povo quiser”, concluiu Bolsonaro.

Motivos da saída

A permanência de Weintraub como ministro do governo se tornou insustentável após a revelação do vídeo da reunião onde disse que “por ele” colocaria todos “esses vagabundos” na cadeia, começando pelo STF.

O ex-ministro também é alvo de investigação por racismo depois de um tweet em que acusou a China de se beneficiar economicamente com a pandemia do novo coronavírus.

Para isso, ele usou o Cebolinha, personagem criado por Maurício de Sousa e que troca o R por L nas palavras, fazendo alusão ao sotaque de orientais que aprendem a falar o português.

Weintraub também era alvo de críticas rotineiras de acadêmicos por representar uma visão mais ideológica do governo com relação à Educação.

Futuro do MEC

O nome do substituto não foi informado, mas a opção mais provável é que um funcionário do quadro atual do ministério assuma de modo interino.

O nome do secretário nacional de Alfabetização, Carlos Nadalim, tem sido ventilado como substituto de Weintraub. Nadalim é defensor da educação domiciliar, sem precisar durante um período da escola regular.

Outro que tem ganhado força é Benedito Aguiar, presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Também são avaliados, ainda dentro do MEC, a secretária de Educação Básica, Ilona Becskeházy, e o secretário-executivo Antonio Vogel.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo dos Campos - BA
Atualizado às 16h09 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 22° Máx. 26°

27° Sensação
21.5 km/h Vento
55% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (06/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 27°

Sol e Chuva
Terça (07/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 27°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias