Quarta, 08 de Julho de 2020 05:19
75 98175-0580
Saúde Pandemia

Cardiologista alerta para a relação entre COVID-19 e doenças cardiovasculares

Especialista destaca que acometidos por problemas no coração devem seguir com tratamento e acompanhamento médico, mesmo que com acompanhamento por telemedicina

03/06/2020 09h40
Por: Sandro Araújo

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), meio bilhão de pessoas no mundo e 14 milhões no Brasil são acometidas por doenças cardiovasculares. O problema é grave porque essas doenças, principalmente o infarto, são responsáveis por mais de 30% das mortes no país. São mais de 300 mil óbitos todos os anos no Brasil.  

Trata-se de um problema de saúde pública, agora agravado pela COVID-19 – certamente a ameaça mais imediata. No atual cenário de pandemia do novo Coronavírus, as doenças cardiovasculares têm mostrado como debilitam o organismo, fragilizando-o para a COVID-19, assim como para tantos outros vírus e infecções – e estudos chineses apontam que a taxa de letalidade é de 10,5% entre quem tinha problemas cardiovasculares. Mesmo em época de distanciamento social, as doenças não respeitam a quarentena e definitivamente não estão impedindo as pessoas de terem ataques cardíacos, derrames e paradas cardíacas, principalmente em casa e sem acompanhamento médico.  

Dados da Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica) mostram queda brusca de 40% na busca pela serviços de diagnóstico e ambulatoriais. A Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI) também aponta que na primeira semana de abril deste ano, em relação ao mesmo período de 2019, houve queda de 70% no número de atendimentos a pacientes por infarto agudo do miocárdio. E o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Incor/FMUSP) – um dos principais serviços de cardiologia do País – mostra que no último mês de março houve queda de 50% no número de pacientes submetidos à angioplastia primária quando comparado com o mesmo mês em 2019.  

O cardiologista da Diagnoson a+ do Grupo Fleury, Dr. Mozart Cardoso Filho, destaca que o cenário pode ser devastador e causa preocupação. “Muitos pacientes que têm problemas cardíacos procuram uma consulta médica ou a emergência das unidades de saúde somente na última hora, o que é considerado uma postura arriscada para quem tem a doença que mais mata no mundo. A presença de sintomas cardiológicos, principalmente em pacientes com doenças cardiovasculares conhecidas ou naqueles com fatores de risco importantes para doença isquêmica cardíaca ou AVC, deveriam motivar o acompanhamento e os serviços de diagnóstico”, frisa.  

Devem ser lembrados os perigos sempre ocultos de doenças cardíacas e AVCs, e as pessoas com maior risco de derrame ou evento cardíaco devem procurar seu médico, mesmo que para realizar suas consultas a alternativa seja utilizar recursos de telemedicina e, assim, garantir que estão gerenciando seus fatores de risco, como pressão arterial, e tomando outras precauções. O médico orientará o paciente quanto à melhor conduta e acompanhamento apoiado por exames de diagnóstico, seguindo a necessidade e recomendação para cada caso, respeitando também as orientações de distanciamento social dos órgãos de saúde durante a pandemia do novo Coronavírus.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo Agora
Sobre São Gonçalo Agora
Blog ligado ao site São Gonçalo Agora, também responsável por propagar as mais variadas informações de São Gonçalo dos Campos, na Bahia, e todo o País. Criado maio de 2010, o São Gonçalo Agora está entre os mais acessados, tendo já acumulado cerca de mais de 15 milhões de acessos, motivo pelo qual está sempre em primeiro lugar nas pesquisas realizadas na cidade.
São Gonçalo dos Campos - BA
Atualizado às 05h18 - Fonte: Climatempo
19°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 26°

19° Sensação
2.3 km/h Vento
90.4% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (09/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sexta (10/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 27°

Sol e Chuva
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias