E-mail

saogoncaloagora@gmail.com

WhatsApp

75 98279-5532

LAMBAPRIME super banner topo
Morar Melhor
Bruno Reis autoriza reforma de 110 lares pelo Morar Melhor no Calafate
Até 2020, a Prefeitura vai reformar 40 mil casas nas áreas mais pobres da capital baiana.
15/05/2019 08h31
Por: Sandro Araújo

“Antes, a minha casa era horrível. Agora, está linda”, disse Ivanildes Conceição dos Santos, ao resumir a transformação que o programa Morar Melhor promoveu no imóvel em que vive com a filha Cailane, de 13 anos, no Calafate. Na comunidade, o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Bruno Reis, autorizou a reforma nos lares de 110 famílias na noite de terça-feira (14), quando assumiu interinamente a Prefeitura de Salvador.

O Morar Melhor, segundo Bruno Reis, oferece dignidade aos moradores das regiões mais pobres da cidade, que não têm condições para pagar para reformar as casas ondem vivem. “No Calafate, já construímos um posto de saúde e realizamos diversas melhorias. Mas era preciso levar essa transformação positiva também para os lares das pessoas”, assinalou Bruno, que autorizou ainda a aplicação de duas geomantas em áreas de risco na comunidade.

De acordo com Bruno Reis, o investimento em requalificação habitacional na região será de R$ 550 mil. O Morar Melhor promove intervenções de até R$ 5 mil por residência, contemplando serviços de pintura, recuperação ou troca de telhado, instalação de esquadrias, substituição de louças sanitárias e reboco. Até 2020, a Prefeitura vai reformar 40 mil casas nas áreas mais pobres da capital baiana. Desde o começo do programa, em 2015, já foram requalificadas cerca de 25 mil residências.

Ao lado dos vereadores Sabá e Sérgio Nogueira, Bruno Reis anunciou que na próxima etapa do Morar Melhor, a ser iniciada no segundo semestre deste ano, a região do Calafate será beneficiada com novos imóveis requalificados pelo programa habitacional. “Além disso, vamos começar a construir aqui perto o novo prédio da Guarda Municipal. Vou pedir à empresa que ganhar a licitação para empregar a população da comunidade na obra”, asseverou o prefeito interino.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias