17°C 24°C
São Gonçalo dos Campos, BA
Publicidade

Polícia Científica mobiliza mais de 100 agentes na Operação Verão 2024

As equipes atuam nos principais destinos de veraneio, como as praias oceânicas e fluviais, e garantem o atendimento normal na sede, nas unidades re...

10/07/2024 às 19h30
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

A Operação Verão 2024, organizada e executada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), terá ações da Polícia Científica do Pará (PCEPA), com o objetivo de contribuir para a segurança em praias e demais balneários neste mês de julho, tradicionalmente um período de férias escolares e início da estiagem, o chamado verão amazônico.

A Polícia Científica atenderá às solicitações das polícias Civil e Militar, sempre que necessário, ficando responsável pelos laudos técnicos periciais. Foram mobilizados 112 servidores da Polícia Científica, entre peritos criminais, peritos médicos-legistas, auxiliares técnicos de perícia, motoristas e remocistas, que contam com o apoio de 14 viaturas.

A Polícia Científica atua nos principais destinos de veraneio, como as praias de Salinópolis e Marudá (distrito de Marapanim), no nordeste paraense; Ilha de Mosqueiro (distrito de Belém); Salvaterra (no Marajó); Cametá (no Baixo Tocantins) e em Conceição do Araguaia (sul do Estado).

As equipes agem em casos de poluição sonora, principalmente em Salinópolis e Mosqueiro, e nas ocorrências que demandam exames necroscópicos e sexológicos, além de lesão corporal, análise de drogas de abuso, perícias veiculares e outras situações. Servidores da Polícia Científica estarão disponíveis 24 horas durante a Operação Verão 2024.

Elementos para resolução- “A PCEPA vai disponibilizar equipes e frotas veiculares para colaborar com os serviços, trabalhando de forma integrada com as forças de segurança pública, a fim de agilizar os processos, uma vez que os inquéritos instaurados precisam da prova técnica, fornecida pelos peritos criminais, para a resolução por parte da Polícia Civil”, informou o diretor-geral da Polícia Científica, perito criminal Celso Mascarenhas.

Continua após a publicidade
Anúncio

O efetivo destacado para a Operação Verão 2024 não comprometerá o trabalho das equipes na sede da instituição, nas unidades regionais e nos núcleos avançados. “O plano de participação de nossas equipes na Operação foi pensado, para que os peritos continuem atendendo às demandas normalmente”, assegurou Celso Mascarenhas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias