17°C 24°C
São Gonçalo dos Campos, BA
Publicidade

Estado leva ajuda humanitária e confirma entrega de creche em Concórdia do Pará

Por Carol Menezes (SECOM)22/06/2024 19h14O governo do Pará tem garantido ajuda humanitária para centenas de famílias de Concórdia do Pará, no norde...

22/06/2024 às 19h40
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

O governo do Pará tem garantido ajuda humanitária para centenas de famílias de Concórdia do Pará, no nordeste estadual, que lidam com os prejuízos causados pelas enchentes ocorridas por causa de fortes chuvas na região no mês de abril.

Neste sábado (22), o governador Helder Barbalho e a vice-governadora Hana Ghassan estiveram no município para a entrega de 982 cestas de alimentos. Um investimento de cerca de R$ 240 mil. Eles visitaram também a construção da unidade do programa Creches por Todo o Pará.

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, órgão responsável pela entrega da ajuda humanitária, ficou à frente do levantamento do número de pessoas atingidas pela situação de calamidade para garantir que os benefícios a todos que necessitam.

"Esta é uma entrega importante e quero agradecer a Defesa Civil por esse trabalho fundamental, e a todas as famílias beneficiadas eu estendo minha solidariedade. Cada um vai sair hoje daqui com a sua cesta, e isso também é uma forma de reforçar a nossa parceria com a prefeitura de Concórdia do Pará", afirmou o chefe do Executivo paraense.

Ao comemorar a proximidade da conclusão das obras da creche, que fica no bairro Novo Cristo, previstas para o próximo mês de agosto, Helder Barbalho lembrou outros investimentos do governo do Pará na cidade, como a pavimentação, o apoio à agricultura familiar, por exemplo.

Continua após a publicidade
Anúncio

"Muito feliz de ver que já em agosto poderemos voltar para entregar a creche do município. Serão 300 vagas para crianças com idade entre zero e cinco anos, atendimento em tempo integral, com equipamentos modernos, ambiente com ar condicionado, um local realmente de acolhimento onde a mãe, o pai vai poder sair para trabalhar e deixar filho em local seguro e com uma equipe preparada", detalhou o governador.

Em seguida, o governador antecipou que tem como planos para o próximo ano garantir a reconstrução do hospital municipal, uma quadra coberta para a única escola estadual da cidade e ainda um ginásio esportivo. "Não vamos parar, vamos fazer cada vez mais para Concórdia crescer, se desenvolver e prosperar", anunciou.

Por sua vez, Hana, que coordena o projeto Creche por Todo o Pará, exaltou a garantia de mais uma unidade construída. "É uma alegria muito grande ver que as obras estão acabando, e que logo a cidade terá um lugar adequado para receber a criança quando a mãe precisa trabalhar. Ao mesmo tempo, reforçamos o compromisso, junto com a Defesa Civil, de apoiar essas famílias atingidas pelas enchentes. Nosso compromisso é todo dia levar melhorias para todo o Estado", enfatizou a vice-governadora.

Comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-PA) e também da Defesa Civil Estadual, o Cel. Jayme Benjó participou do ato de entrega. Ele contou que desde 2019, por orientação do governador Helder Barbalho, o órgão vem atuando junto a todas as secretarias de governo no sentido de mitigar os efeitos tanto da estiagem como também das fortes chuvas que atingem os municípios paraenses.

"Aqui em Concórdia tivemos decretada situação de emergência por conta das fortes chuvas e trabalhamos em parceria com a Defesa Civil Municipal para que pudéssemos cadastrar as famílias. Agora estamos aqui entregando essas 982 cestas, que não são cestas básicas, e sim cestas padrão Defesa Civil, que dura em média 25 dias para uma família de cinco pessoas", explicou, informando que só neste primeiro semestre de 2024 o Governo do Pará investiu mais de R$ 5 milhões em ações em de proteção e defesa civil nos 144 municípios.

O aposentado João Ramos da Silva, de 84 anos, mora há 50 anos na Vila São João II, no Baixo Bujaru, e conta que nunca tinha enfrentado enchentes tão fortes. "Foi a primeira vez que vi tudo ir para o fundo, só deu pra salvar minha esposa. A gente estava muito precisando dessa ajuda, uma grande felicidade para todos nós poder ter essa ajuda do governador", reconheceu.

Também beneficiada com uma cesta humanitária, a agricultora Maria do Socorro Rodrigues se emocionou ao contar o que enfrentou na comunidade Arapiranga, onde mora com um filho, que tem deficiência intelectual. "Encheu tudo, eu planto maniva, milho, vivo disso, e perdi tudo. Então essa ajuda veio na hora certa, a gente estava precisando muito. Já baixou a água, mas eu perdi muita coisa", lamentou.

Moradora também do Baixo Bujaru, a servidora pública Maria de Fátima Silva do Carmo fica com a voz engasgada ao contar o que passou durante as enchentes. Ela foi uma das contempladas com a cesta.

"Já é a segunda vez que passo por isso, na vez anterior meu filho até levou um choque dentro de casa quando a água invadiu. Agora foi muito mais grave e perdemos quase tudo, fica uma sensação de impotência muito grande. Então essa ajuda agora chega como um socorro. É importante a gente sentir que tem alguém que se preocupa com o povo ribeirinho que todo inverno passa por esse tipo de situação, que faz política pública pensando nisso. Esse olhar do governo é fundamental, a gente se sente amparada", finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo dos Campos, BA
18°
Tempo nublado

Mín. 17° Máx. 24°

18° Sensação
0.73km/h Vento
94% Umidade
100% (3.81mm) Chance de chuva
05h57 Nascer do sol
05h26 Pôr do sol
Seg 27° 17°
Ter 27° 17°
Qua 27° 18°
Qui 22° 19°
Sex 26° 17°
Atualizado às 07h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 396,003,32 -0,98%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias