Sábado, 18 de Setembro de 2021
21°

Pancada de chuva

São Gonçalo dos Campos - BA

Justiça Santa Catarina

Nos últimos três anos, trabalho da Procuradoria-Geral do Estado resultou na cobrança de mais de R$ 1,25 bilhão de devedores

A Procuradoria-Geral do Estado esclarece que são inverídicas as informações que circulam nas redes sociais e em aplicativos de telefone celular de ...

30/07/2021 às 16h35
Por: São Gonçalo Agora Fonte: Secom Santa Catarina
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom SC
Foto: Reprodução/Secom SC

A Procuradoria-Geral do Estado esclarece que são inverídicas as informações que circulam nas redes sociais e em aplicativos de telefone celular de que o Estado de Santa Catarina não estaria cobrado grandes devedores. Essa atividade tem sido executada por meio do esforço de diversos órgãos, entre eles a própria PGE/SC e a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF).

Entre 2019 e 2021, o trabalho da Procuradoria resultou na cobrança de mais de R$ 1,25 bilhão dos devedores. Em 2020, com a reestruturação da cobrança administrativa e judicial da dívida ativa, a recuperação dos créditos de grande monta - foco da atuação do Núcleo de Ações Fiscais Estratégicas (Nafe) - ganhou prioridade. Com o novo formato, a maior parte da equipe de procuradores do Estado foi redirecionada para a cobrança dos grandes devedores, o que resultou na especialização do combate às fraudes estruturadas e deu celeridade às execuções fiscais com probabilidade de êxito.

Convém destacar que parte considerável do estoque é constituída por débitos garantidos, principalmente dos grandes devedores, e os processos relacionados a eles são considerados prioritários. O acompanhamento é feito pelo Nafe, que busca maior celeridade na tramitação dos feitos no âmbito do Poder Judiciário Catarinense. Há ainda dívidas antigas relacionadas a contribuintes que se encontram em processo de recuperação judicial e de falência, o que reduz a probabilidade da recuperação desses créditos para os cofres públicos.

O Governo do Estado, por meio de órgãos como a PGE/SC, a SEF e com o apoio do Ministério Público de Santa Catarina, vem buscando ainda mais a integração das instituições para combater a sonegação fiscal, as fraudes estruturadas perpetradas por grupos econômicos e a lavagem de dinheiro. Dessa forma, são inverídicas as informações no sentido de que o Estado não cobra os grandes devedores. A reestruturação de setores da PGE/SC, como a Procuradoria Fiscal, tem como foco reforçar a cobrança de dívidas de grande monta, a fim de viabilizar o acesso a recursos fundamentais para a implementação de políticas públicas necessárias para todos os catarinenses.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Gonçalo dos Campos - BA Atualizado às 06h57 - Fonte: ClimaTempo
21°
Pancada de chuva

Mín. 19° Máx. 27°

Dom 28°C 20°C
Seg 28°C 19°C
Ter 28°C 20°C
Qua 28°C 20°C
Qui 30°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias