2ª FESTA DO VAQUEIRO
CSGC---INSTITUCIONAL---BANNER-SITE-790x90px
POLICLINICA
CSGC---INSTITUCIONAL-MELHOR-COM-VOC---BANNER-SITE-790x90px
Novo coronavírus

Embaixador diz que China ajudará na retirada de brasileiros de Wuhan

Após reunião com ministros Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, e Tereza Cristina, da Agricultura, Yang Wanming garantiu que facilitará os trâmites burocráticos para repatriação

04/02/2020 16h28
Por: Sandro Araújo
Fonte: CB

Ao deixar o Ministério da Infraestrutura, o embaixador da China, Yang Wanming, disse, nesta terça-feira (4/2), que o país vai ajudar nos trâmites para repatriação dos brasileiros que estão em Wuhan, epicentro da epidemia de coronavírus. “Respeitamos a decisão do governo do Brasil e a entendemos. Vamos prestar nosso apoio para os brasileiros que moram na China, facilitar os trâmites na cidade de Wuhan”, disse.

Segundo o diplomata, a contaminação pelo coronavírus está muito controlada na fronteira da China. “Tomamos as medidas para limitar as viagens dos chineses ao exterior e todas as agências de turismo cancelaram seus programas. Ao mesmo tempo, qualquer viajante que tem de sair da China precisa passar por um exame médico no aeroporto”, afirmou.

Um comitê especial sobre o coronavírus foi criado com o governo brasileiro, ressaltou o embaixador. “Temos um canal muito fluído com o Itamaraty”, destacou. No entanto, Yang Wanming considerou as medidas adotadas pelo Executivo muito restritas, sem detalhar o motivo da sua avaliação. “Espero que sejam eficientes”, acrescentou. Yang Wanming deu as declarações após reunir-se, em Brasília, no Ministério da Infraestrutura, com o ministros Tarcísio Gomes de Freitas e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.