Sangonçalense regente de banda de fanfarras conquista o 3º lugar em campeonato no Pernambuco

Mesmo após a grande tragédia que vitimou fatalmente 8 integrantes de uma banda de fanfarras da cidade de Euclides da Cunha, que seguia para um encontro de bandas em Antonio Cardoso, ambas na Bahia, bandas de fanfarras do Estado, mesmo em luto, continuam fazendo shows marcantes durante apresentações em campeonatos.

Neste domingo, 02, o Sangonçalense Mateus Morais, professor de música e regente da Banda Show Impacto da Bahia, da cidade de Salvador, participou com sua banda da Copa Norte Nordeste de Bandas e Fanfarras, na cidade de Altinho, em Pernambuco. Mateus é um apaixonado pela música desde criança, foi integrante da banda do colégio Polivalente, a Fênix, e mesmo morando em outra cidade ainda é integrante da centenária Lira Musical Sangonçalense.
Mateus Moraes e Banda Show Impacto da Bahia
A banda Show Impacto da Bahia ficou na 3ª colocação, um resultado também excelente para uma banda que saiu da Bahia para concorrer com mais 31 bandas de 6 Estados. Paraíba, Pernambuco, Maranhão, Bahia, Alagoas e Sergipe.

"Significa um enorme passado na minha carreira como maestro e para a banda que agora está em um patamar muito superior. Somos a atual tetracampeã baiana na categoria Banda Show, 3 desses títulos são sob minha regência.", disse Mateus.
Foi um mega evento com aproximadamente três mil alunos das escolas municipais e estaduais dos Estados do Norte e Nordeste do País, gerando assim um grande movimento econômico no comércio local. Durante os dois dias, 1 e 2, as bandas se apresentaram nas categorias Marcial Infantil, Percussão Infanto Juvenil, Percussão Máster, Marcial Juvenil, Musical Máster e Banda Show.

A copa teve como objetivo promover intercâmbio sociocultural entre os integrantes mediante competição sadia estimulando a criação de Bandas e Fanfarras, incentivando o aprimoramento de métodos e técnicas, contribuindo para o desenvolvimento do sentimento cívico, espírito de companheirismo e autodisciplina necessários para formação do cidadão. A realização da Copa teve como finalidade reconhecer os trabalhos das Bandas e Fanfarras além de oportunizar aos jovens músicos a troca de conhecimentos e informações na área da música. A Copa integra o calendário oficial das federações e associações de bandas e fanfarras dos Estados das regiões Nordeste e Norte.

Por Sandro Araújo

Sandro Araújo