Em Salvador, começam reformas do Morar Melhor Cajazeiras VI

O sonho de moradores de Cajazeiras VI começou a se tornar realidade nesta quarta-feira (1º), quando o prefeito ACM Neto assinou ordem de serviço do Morar Melhor na região, em solenidade realizada no Parque Silvio Leal, na presença do vice-prefeito Bruno Reis, do titular da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Almir Melo, e de demais lideranças locais. Foi autorizada reforma de 407 casas da região, dentro do programa de melhorias habitacionais.

O prefeito ACM Neto destacou a alegria em poder realizar esses sonhos, valorizando a história dessas famílias. “Foi um programa do qual pude participar diretamente da concepção, e fico muito feliz porque sei que essas famílias carentes não teriam condições de fazer as reformas realizadas pelo programa. Sei o quanto o lar é importante para estas pessoas. Um ambiente onde se constrói as relações mais sólidas de amor e de afeto, onde a gente constrói a nossa história”, afirmou o prefeito.

Moradora da casa de nº 08, que já foi totalmente requalificada pelo programa, Daiane Trindade, de 30 anos, se emocionou quando soube que a casa seria contemplada. “Eu não acreditei que o nosso sonho finalmente estava se realizando. A casa estava horrível, meu filho tinha vergonha de trazer os amiguinhos para brincar. Agora ele sente orgulho e brinca todos os dias aqui com os meninos. Eu sou muito grata por tudo”.

A casa, que antes não tinha reboco e apresentava problemas no telhado e esquadrias, recebeu revestimento, novo telhado, porta, janela e gramado na área da frente. Além de Daiane, a obra beneficiou a mãe dela, Dinalva Rodrigues, de 58 anos, o esposo e os dois filhos. A família agora vive com mais dignidade no local onde já reside há 25 anos.

Como ela, Renan da Costa, 50, terá em breve a oportunidade da moradia mais digna. Ele foi contemplado com a troca do telhado, implantação de louças sanitárias no banheiro, reboco e pintura. “Essa obra veio em boa hora. Com ela, vou conseguir resolver um problema antigo de infiltração e dormir mais tranquilo. Eu não teria como desembolsar o dinheiro para fazer esses reparos”, conta o técnico de antenas, que divide o imóvel com a mãe de 75 anos.

Ações – Iniciada em dezembro do ano passado, a segunda etapa do programa já beneficiou centenas de famílias em outras 13 localidades, como Alto de Coutos, Castelo Branco, Ribeira, Sete de Abril, Boa Vista de São Caetano, Cosme de Farias, Fazenda Coutos III, Arenoso, Itinga, Daniel Lisboa, Rio Sena e Fazenda Grande do Retiro.

Até o fim de 2020, 40 mil residências devem ser reformadas pela administração municipal, com ação coordenada pela Seinfra. Com limite de até R$5 mil para cada casa, as intervenções promovidas pelo Morar Melhor são escolhidas pelos próprios moradores. São elas: pintura e reboco, novo telhado, implantação de louças sanitárias (pia e vaso) e esquadrias (portas e janelas).

Entre os critérios para a escolha das regiões beneficiadas estão locais com maior número de domicílios com alvenaria sem revestimento; residências que possuem moradores abaixo da linha de pobreza (renda per capta inferior a R$ 85/mês); e que tenham predominância de mulheres chefes de família.

Imóveis em situação de risco cadastrados pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), alugados ou de famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos não são contemplados.

Sandro Araújo