Prefeito Colbert cobra ação do Estado contra a violência em Feira

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, encontrou-se nesta segunda-feira, 18, em Salvador, com o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa. Na ocasião, apelou ao secretário por “mais esforços” visando o combate à violência em Feira de Santana, cidade que contabilizou 18 pessoas mortas a tiros no fim de semana.

“Estou manifestando às autoridades da área de segurança, como prefeito da cidade, a minha preocupação. Temos números absurdos de homicídios em Feira, maior do que de algumas regiões em guerra”, disse ele. Colbert vai manter contato também com o governador do Estado, Rui Costa, e com o ministro da Segurança, Raul Julgman.

Maurício Barbosa disse ao prefeito que a cúpula da segurança pública na Bahia se encontra em Feira de Santana trabalhando, em virtude da violência dos últimos dias: comando da Polícia Militar, Delegado-Chefe da Polícia Civil e o diretor do Departamento de Polícia Técnica.

O prefeito disse que é preciso entender que “a violência e o medo são os piores crimes que se comete contra uma cidade”. E reiterou que a responsabilidade da segurança pública é do governo do estado.

As prefeituras, observa Colbert, não podem atacar frontalmente a violência nas cidades. “Só podem contribuir com ações complementares, preventivas”. Lembrou que nos últimos 12 anos o Governo do Estado não construiu escolas em Feira de Santana.

“A gente sabe que aluno na escola evita a violência. Faltam ações específicas, sociais e circunstanciais, que devem ser desenvolvidas”, assinalou o prefeito.
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo