Portais de abordagens na Micareta é destaque durante 1ª Reunião de Avaliação

A atuação da PM nos portais de abordagens, horários da saída dos trios elétricos, dados estáticos, presença maciça dos foliões na Avenida Maneca Ferreira, em meio as fortes chuvas, que caem na cidade de Feira de Santana, foram um dos principais assuntos abordados durante primeira reunião de Avaliação da Micareta de Feira 2018, que aconteceu na manhã desta sexta,20 no auditório do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães.

Dados estatísticos: A delegada Marcia Xavier do Centro de Documentação e Estatística Policial – CEDEP, apresentou os principais registros de ocorrências em comparação a 2017, destes, nenhuma lesão corporal foi registrada sendo -100% em comparação ao ano anterior com, seis lesões; vias de fato, este ano no primeiro dia oficial da festa, foi apresentado um, em comparação ao mesmo período dois, menos -50%. Roubo as polícias registraram um em 2018, diminuição de -66,7%. Furto 17( quando não há violência ou grave ameaça).

O tenente coronel PM Paulo Roberto Cerqueira de Carvalho, coordenador de Operações do Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), apresentou dados da atuação da Polícia Militar, e na oportunidade falou sobre, os pontos de acesso isolados com barreiras. O oficial ressaltou: “O prejuízo de poucos é para segurança de muitos,” refletiu.

O tenente coronel falou da importância na organização de horários para as saídas dos trios elétricos. Segundo o oficial, os trios saindo no horário previsto evita prejudicar, o efetivo envolvido no policiamento da festa.

Portais de abordagens O major PM André Borges, um dos supervisores dos portais de acesso ao circuito da festa, apresentou dados estáticos da atuação do policiamento. No acesso aos portais foram registrados, mais de 46mil pessoas, desta 18 foram conduzidas, 13 pessoas com objeto perfurante e duas com entorpecente, quatro armas branca, objetos proibidos. No inicio desta madrugada 7 menores foram apreendidos.

“Nossa atuação tem sido constante e profissional no sentido de garantir que nenhum objeto proibido, ou que haja possibilidade de droga adentrar ao circuito da festa. Por outro lado, a tropa tem entendido sua importância, “disse.

O encontro reuniu coronel PM Luziel Andrade, comandante do CPRL, promotores, delegados da Polícia Civil, secretários da prefeitura, representantes da guarda municipal, Corpo de Bombeiros, SMTT e outros.

CPRL

Sandro Araújo