PC de São Gonçalo solicita que possíveis vítimas de Caíque compareçam à delegacia

O investigador de polícia civil do município de São Gonçalo dos Campos, Welito, alerta para que moradores assaltados por Caíque Pinheiro Falcão no dia 6 de fevereiro prestem queixa na delegacia da cidade a fim de que um inquérito seja aberto.

No dia 6 de fevereiro, por volta das 18h, Caíque cometeu um assalto próximo ao "shopping Garden Plaza". Dois jovens e um senhor que estavam dentro de um carro foram rendidos pelo meliante e um celular foi roubado, além disso, as vítimas foram obrigadas a levá-lo para fora da cidade. No início, o bandido queria ir para Conceição da Feira, mas mudou de ideia e fez com que o deixassem na praça do Tomba, na cidade de Feira de Santana.

Mais tarde, nesse mesmo dia, por volta das 21h, o meliante foi preso em flagrante na cidade de Feira de Santana pela guarnição da Polícia Militar após assaltar um senhor na Avenida Maria Quitéria levando dinheiro e alguns pertencentes da vítima que acabava de sair de um estabelecimento.

No dia 7 de fevereiro, a vítima que residia em São Gonçalo foi até a delegacia para registrar o roubo e fez o reconhecimento de Caíque através das fotos mostradas, com isso, o bandido não foi liberado na audiência de custódia.

Ao se dirigir ao presídio no dia 20 de março para interrogar Caíque, o investigador descobriu que outros assaltos foram feitos no dia 6 de fevereiro pelo meliante na cidade de São Gonçalo e por esse motivo pede para que as vítimas se desloquem até a delegacia e prestem queixa para que sejam abertos inquéritos contra o bandido.

Por Sandro Araújo / Danielly Freitas

Sandro Araújo