Fim de semana com assassinato, tentativa e acidente em São Gonçalo dos Campos

O fim de semana em São Gonçalo dos Campos foi marcado por um homicídio na noite de sábado (03), por volta da 21h, uma tentativa de homicídio na manhã de domingo (04), e o capotamento de um veículo Pálio, Placa JSS-3617, na BA-502, por volta das 17h, com quatro vítimas socorridas.

Sobre o homicídio, Fábio da Paixão dos Santos, 40 anos, conhecido como "Doroso", morador do Alto do Cruzeiro, foi assassinado a tiros na Rua da Pavuna. De acordo com a Polícia, dois indivíduos em uma moto praticaram o crime e fugiram logo em seguida. Testemunhas contaram que a vítima chegou a correr da dupla, mas foi alvejada e morreu no local. O levantamento cadavérico foi realizado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.
Na manhã de domingo (04), por volta das 6h, os moradores do bairro Boqueirão encontraram um jovem gravemente ferido, no fundo de um mercadinho, dentro de um pasto (foto). Identificado como Carlos Lima Silva, morador do Loteamento Murilo Leite, o mesmo foi encontrado com as mãos amarradas e marca de tiro em cada uma. Segundo moradores, aparentemente a vítima também teve parte da língua contada e, além disso, espancada. A polícia militar da cidade foi acionada e esteve no local. A vítima foi socorrida para o hospital municipal e posteriormente transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há mais informações.
Já o acidente, aconteceu no trecho da BA-502 conhecido como "Curva de Terremoto", onde Robenilso da Silva, morador do Murici, José Nildo, 21 anos, morador do João Durval, José Carlos Pontes, 22 anos, morador do Murilo Leite e Antonio César, 20 anos, morador do João Durval, foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), Corpo de Bombeiros e Taffarel socorrista. O condutor identificado como Francisco Carlos de Azevedo Santos, 24 aos, saiu ileso.

De acordo com o socorrista Taffarel, as vítimas foram encaminhadas para o Hospital Geral Clériston Andrade em Feira de Santana, com escoriações, traumas, porém sem risco de morte. Apenas Antonio César teve ferimento mais grave, uma fratura na mandíbula, que precisará de cirurgia. Ainda segundo o socorrista, apenas dois dos ocupantes continuam internados.

Por Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo