Bancada na Câmara de Vereadores de São Gonçalo aliada a Germano está à beira de um colapso

Vereador Joca diz que já chegou no limite com Germano, prefeito de São Gonçalo

Presidente da Câmara de Vereadores, Josué Oliveira, reclama do descaso do executivo municipal de São Gonçalo dos Campos para com os vereadores na última sessão ocorrida na terça-feira (13).

O vereador enunciou que se orgulhava em fazer parte do legislativo junto aos demais colegas e afirmou que em seu mandato não faria oposição ao governo de forma alguma, mas que iria se posicionar sempre que necessário. O vereador citou como motivo da sua indignação às humilhações passadas por ele e seus colegas nas gestões anteriores frisando para que não se repita no governo atual. Outro ponto é a invisibilidade do legislativo mediante as vitórias do município, segundo o edil, quando a gestão acerta ninguém se lembra dos vereadores, mas quando algo dá errado, a câmara é vista como a incompetente. Nessa feita foi abordado o projeto Minha Casa, Minha Vida e a carreta de saúde que para muitos foi um acerto somente do gestor sem contribuições do legislativo.

O vereador fez um apelo para que o gestor municipal corrigisse a relação com a câmara e expôs a dificuldade que os edis sofrem para resolver problemas básicos do município e o desrespeito de alguns funcionários para com os vereadores.” A gente precisa que o prefeito tome conhecimento disso, eu queria que ele estivesse aqui...eu não vou brigar com funcionário, primeiro que eu estou aqui para defender direito do servidor e não brigar com o servidor, e ele de forma despreparada já me destratou como já destratou outros funcionários aqui. Se o prefeito pensa que dessa forma a gente vai finalizar bem, faça essa correção prefeito, eu lhe chamo a atenção porque tem deixado a gente muito insatisfeito.”, relatou.


Por Sandro Araújo e Danielly Freitas

Sandro Araújo