Prefeito Carlos Germano se reúne com estudantes e garante que transporte universitário será mantido

Após quatro horas de muita espera e uma acalorada discussão entre os universitários, prefeito e o secretário de planejamento e administração, Vitoriano Franscisco, com direito até a troca de farpas, o prefeito Carlos Germano se reuniu na tarde desta sexta-feira (23), em seu gabinete, com uma comissão formada por estudantes, vereadores e secretários de governo para discutir a manutenção do transporte universitário e dos cursos técnicos para este anos. 

A discussão aconteceu porque o grupo de alunos chegou por volta das 8h na prefeitura, horário marcado pelo próprio governo, o prefeito chegou pouco depois das 11h, se reuniu primeiro com alguns vereadores e só por volta das 12h30min recebeu o grupo. Os estudantes acharam uma falta de respeito ter que esperar uma manhã inteira para discutir um assunto tão importante. 

Durante o encontro ficou definida a manutenção do transporte para os estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e Senai. Para as demais faculdades será feito um estudo detalhado da rota para viabilizar o transporte de forma mais eficiente e econômica para o município.

Na opinião do estudante Márcio Pontes, o resultado da reunião foi positivo. “Nosso movimento não tem líder e nunca foi político, não temos nada contra o governo, apenas queremos garantir nosso transporte”, afirmou Márcio acrescentando que o próximo passo do movimento será buscar meios legais para que o transporte seja regulamentado de forma definitiva.
O prefeito Carlos Germano solicitou aos estudantes uma relação detalhada com a quantidade e o turno para as demais faculdades e já marcou uma nova reunião para o início de março. “Sempre estive aberto ao diálogo, a Educação é uma prioridade em nosso governo, estamos estudando uma forma para que ninguém fique prejudicado. Na próxima reunião gostaria que todos os estudantes de nível superior e técnico, todos sem exceção, estejam presentes, para juntos definiríamos a situação do transporte universitário em nossa cidade”, pontuou Carlos Germano acrescentando que apesar de não ser uma atribuição do governo, pois não existe uma legislação específica, serão feitos os esforços necessários para a manutenção e garantia do transporte universitário.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Joca, também salientou que nos últimos dias vinha trabalhando no sentido de encontrar uma saída para restituir o transporte para os alunos. "Cumprindo com o meu papel de intermediador entre o povo e o poder executivo, estive em uma rodada de negociação com os estudantes e o prefeito, pedindo que o serviço de transporte universitário fosse restituído, afinal, entendo que a maior beneficiada é a cidade de São Gonçalo, pois a educação possibilita crescimento econômico, social, cultural e pessoal, e se sabe que a educação é o pilar de uma sociedade forte.", ressaltou Joca.

Fonte: ASCOM/PMSGC/SÃO GONÇALO AGORA

Sandro Araújo