Após protesto, universitários decidem fazer novo movimento em frente à Câmara nesta terça (20)

Dezenas de estudantes universitários de São Gonçalo dos Campos voltaram a protestar na noite dessa segunda-feira (19) pela volta do transporte universitário gratuito no município. Com o retorno das aulas no início de fevereiro e nessa segunda-feira estudantes estão tendo que pagar, quando podem, o transporte para a faculdade, e isso tem gerado problemas pois a ausência na sala de aula pode comprometer seriamente tudo feito em meses de estudos. Durante o ato algumas vias foram bloqueadas.

Edmaria, estudante de ciências contábeis, disse que a cidade não dispõe de faculdades, universidades, cursos técnicos e por isso os jovens têm que buscar em outra cidade. "Ao contrário do que falam, que é para rede privada, rede pública, que ninguém tem direito, isso sim é direito de todos, só estamos aqui para lutar pelos nossos direitos e fazer a cidade crescer, a nossa única intenção é essa.", disse a estudante.

Estudantes também se manifestaram no Facebook. "Minha gente nesse País a escravidão era legítima, ou seja podia escravizar porém depois de muita luta conseguiu se "acabar com esse absurdo". Acredito que essa questão em pauta seja sim de competência do executivo e do legislativa uma vez que existe um certo clamor social... O que estar se pedindo acredito que vai muito mais do que um escrito em papel. Tantas coisas nesse país que não estava na lei e se tornou lei depois dos clamores populares. As mulheres e negros passaram ter direito ao voto depois de luta, a lei proibia - os de votar. Hoje todos votam..." [Edson Moreira]

"Uma vergonha, a essa altura ser necessário ainda esse desgaste para provar que esse transporte é importantíssimo para os estudantes dessa cidade... Essa luta é antiga e já deveria ter terminado, mas oremos e lutemos para que o bom senso da gestão atual prevaleça!" [Marcele Gomes, ex estudante]


Um novo protesto foi marcado para a manhã dessa terça-feira (20) em frente a Câmara Municipal. 

Há anos o transporte universitário vinha sendo oferecido gratuitamente no município. Mas desde o início de 2017, com a gestão do prefeito Carlos Germano (PP), os estudantes vêm tendo problemas, como por exemplo, carros que ficam sem fazer o serviço por falta de combustível ou pagamento dos motoristas.

Pouco antes do carnaval um grupo de estudantes tentou na prefeitura buscar informações sobre o fornecimento do serviço. Sem êxito, utilizaram as redes sociais e grupos de whatsapp para chamar a atenção das autoridades e o quanto antes terem uma resposta. Na sexta-feira de carnaval, durante participação por telefone no programa Planeta Notícia, com Sandro Araújo, pela rádio São Gonçalo, indagado sobre o assunto, o prefeito Carlos Germano disse que conversaria com os universitários após o carnaval.

"Após o recesso vamos encaminhar para a câmara a PPP (Parceria Público Privada) para que a gente possa buscar da iniciativa privada o apoio para manter o transporte para esses jovens, ou uma contrapartida do município e outra contrapartida dos jovens, mais a gente vai fazer o máximo e o impossível..." [Carlos Germano]

Ouça a fala do prefeito na íntegra


Por Sandro Araújo, com informações de Danielly Freitas
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo