Para se livrar de estupro evangélica e filha de 4 anos se jogam de carro em movimento

Uma comerciante de 32 anos foi vítima de uma tentativa de estupro na noite dia (31) de dezembro no bairro do Papagaio, em Feira de Santana. De acordo com a ocorrência policial, Márcia Menezes da Silva estava com a filha de 4 anos seguindo para uma igreja evangélica, quando resolveu pegar um ‘ligeirinho’ para chegar mais rápido a igreja evangélica para a virada do ano.

Segundo a ocorrência policial, o suspeito estava em um veículo Fiat Uno de cor cinza, onde teria desviado a rota da Mangabeira para uma estrada de chão. Posteriormente, o motorista travou as portas do automóvel e iniciou uma série de palavras obscenas contra a vítima. Desesperada com a situação, Márcia jogou a filha menor, e depois se atirou do carro que estava em alta velocidade para fugir do estupro.
Portal Cidade Gospel, com informações e fotos de Denivaldo Costa.
“Estava desesperada e me joguei, acredito que depois e abusar de mim, ele iria me matar naquela estrada cheia de matos. Ele é um mostro , nem respeitou minha filha, quero ver ele na cadeia,” denunciou.

A evangélica disse que pretende solicitar as imagens da Seprev pois o fato ocorreu por volta das 23:40h, próximo de um açougue na avenida Iguatemi.

A jovem pediu socorro e foi auxiliada por funcionários de um centro de recuperação da região, pois estava bastante machucada e foram atendidas na unidade de saúde. As informações só foram ser apuradas na quinzena de janeiro deste ano em razão de mãe e filha estarem recuperando-se das escoriações proveniente da queda do veículo.

De família humilde, a mãe solteira registrou o boletim de ocorrência na Delegacia Especial da Mulher (DEAM), e posteriormente realizou exames de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica(DPT).
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo