Moradores reclamam da escuridão em 46 localidades de São Gonçalo dos Campos

Moradores de pelo menos 46 localidades, distribuídas entre zona urbana e zona rural de São Gonçalo dos Campos, estão reclamando e cobrando da Prefeitura Municipal melhorias no serviço de iluminação pública em rua, bairro, distrito ou povoado onde moram. A bronca mais comum é a substituição de lâmpadas queimadas em postes.

O impressionante número surge após a equipe do Mais Recôncavo analisar e separar por temas, todas as mensagens enviadas por internautas à nossa redação num período de 45 dias, através do Facebook, e-mail e por mensagens em áudio, vídeo ou mensagens de texto via WhatsApp da nossa redação: 75 9 8117-3623.

Na manhã deste domingo (14/01) em contato com alguns dos moradores, denunciantes, das mais diversas localidades, a nossa reportagem foi surpreendida em saber que os problemas em boa parte, não só continuam como aumentaram em alguns lugares. Pois com o desgaste do tempo, outras lâmpadas também queimaram naturalmente, já outras foram quebradas por vândalos.

Segundo os reclames, o setor de iluminação da prefeitura precisa comparecer com urgência nos seguintes locais:

Zona urbana

Ladeira das Flores; Avenida Hanibal Pedreira; Corredor do Céu; Praça da Gameleira; Rua da Pavuna; Rua Nova Brasília; Parque Santa Cruz; Praça 20 de Agosto; Bairro do Rio Preto; Bairro do Boqueirão; Bairro do Estádio, Rua Dr. Almeida; Praça J.J Seabra; Bairro do Gravatá; Avenida Antônio Carlos Muniz; Rua Nascimento Ferreira; Bairro José Sarnei; Casas Populares; Bairro Santo Antônio; Rua do Bambu; Alto do Cruzeiro; Avenida José Carlos Lacerda, além de diversas ruas do Bairro Murilo Leite.

Zona rural

Flores; Afligidos; Cedro; BR -101; Canto Escuro; Ilha de São Gonçalo; Mangabeira; Mercês; Coqueiro; Boa Hora, Xavante; Murici; Genipapo; Jacaré; Taperinha; Ouro Verde; São joão; Lama Branca; Pau Seco; Sobradinho; Cruz; Carrapato e Tabua.

É importante esclarecer que a responsabilidade pela prestação do serviço de iluminação pública é da prefeitura municipal. Isso foi estabelecido no art. 30, inciso V da Constituição Federal.

As contas de energia elétrica dos usuários do município de São Gonçalo dos Campos são acrescidas mensalmente com a cobrança da CIP – Contribuição de Iluminação Pública. Parte desse valor é repassado ao município (prefeitura) pela companhia que opera o serviço no Estado.

Mais Recôncavo

Sandro Araújo