residencial Violência contra mulher é tema de seminário na Uefs - São Gonçalo Agora

Violência contra mulher é tema de seminário na Uefs

Com o objetivo de atualizar, orientar e sensibilizar a comunidade acadêmica e a sociedade em geral, o Núcleo de Extensão e Pesquisa em Saúde da Mulher (Nepem) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro George Américo promoveram o Primeiro Seminário Interdisciplinar sobre Violência contra Mulher no campus universitário, na segunda (2) e terça-feira (3).

Participante da mesa-redonda 'Segurança Pública: Experiências e Desafios no Enfrentamento à Violência contra a Mulher', a delegada Maria Clécia Vasconcelos de Morais Firmino Costa, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), conclamou cada um dos presentes a “se envolver ainda mais no combate a todo e qualquer tipo de violência, sobretudo contra a mulher”.

A delegada acrescentou que “o estupro, por exemplo, não violenta somente o corpo físico, mas, violenta a alma de quem sofre este tipo de abuso; portanto, é necessário que sociedade, poderes públicos, instituições, todos estejam irmanados no combate às violências de modo geral”.

O soldado Frank Ney, da BCS do George Américo, um dos idealizadores e organizadores do seminário, explicou que o motivo da realização do evento foi “o crescimento da violência na área da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar, que abrange entre outros, o bairro George Américo, no qual está inserida uma das BCS de Feira de Santana”.
O soldado informou “somente no bairro George Américo, em 2016, dados mostram que 56 mulheres foram atendidas vítimas de violência doméstica, tornando o bairro o mais violento para essas vítimas, se comparado a levantamento de outras companhias de Feira de Santana”.

De acordo com a capitã PM Ana Paula Costa de Queiroz, subcomandante do Programa Ronda Maria da Penha em Salvador, apesar do pouco conhecimento ainda por parte da sociedade, a missão do programa é “possibilitar às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar que estejam sob a proteção do estado baiano a salvaguarda da vida e a garantia dos direitos humanos”.

Temas

O seminário teve a participação de representantes da Polícia Militar da Bahia, Polícia Civil, profissionais de Direito, agentes comunitários de saúde, assistentes sociais, enfermeiros, representante do Movimento de Organização de Mulheres em Defesa da Cidadania de Feira de Santana (Momdec), professores, estudantes e servidores técnicos da instituição.

Foram discutidos temas como 'Violência contra a Mulher na Perspectiva de Gênero', 'Abordagem Multidisciplinar na Atenção à Mulher Vítima de Violência', 'Rede de Atendimento à Mulher Vitima de Violência', além de 'Segurança Pública: Experiências e Desafios no Enfrentamento à Violência contra a Mulher'.

Fonte: Ascom/Uefs
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo