residencial Integrantes da torcida Bamor indiciados por tentativa de homicídio têm prisão temporária decretada - São Gonçalo Agora

Integrantes da torcida Bamor indiciados por tentativa de homicídio têm prisão temporária decretada

Os seis integrantes da Torcida Organizada Bamor tiveram, nesta terça-feira, 12, em audiência de custódia, a prisão temporária decretada pela Justiça. Eles foram indiciados por tentativa de homicídio contra um torcedor do Vitória, após término do jogo no último domingo, 10, em Salvador.

A decisão pela prisão dos torcedores César Bloise Barbosa, Daniel Cruz Alves Júnior, Danilo Barbosa Souza, Edílson da Silva Venâncio, Thiago Rabelo Oliveira e Diego Santos Novaes, foi determinada pela juíza Maria do Socorro Santa Rosa de Carvalho Habid. A prisão tem o prazo de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período.

Crime

O caso aconteceu na avenida Gal Costa, após fim do jogo entre Vitória x Fluminense, que ocorreu no estádio Manoel Barradas, em Salvador, quando um torcedor do Rubro-Negro foi baleado.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o torcedor foi socorrido por policiais do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), que foram acionados e chegaram ao local minutos depois do crime.

Ainda segundo o órgão, após informações de que os autores seriam da Bamor, uma equipe da Bepe seguiu com o apoio do 18º Batalhão da Polícia Militar (Centro Histórico) até a sede da torcida, nos Barris, e, ao chegarem no local, encontraram um revólver calibre 38, que pode ter sido usado na ação criminosa.
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo