residencial Secretaria da Educação capacita jornalistas para tornar redes sociais mais acessíveis para pessoas com deficiência visual - São Gonçalo Agora

Secretaria da Educação capacita jornalistas para tornar redes sociais mais acessíveis para pessoas com deficiência visual

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, em parceria com a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos e de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Bahia, realizou nesta terça-feira (25) o curso de Descrição de Imagem para Redes Sociais #PraCegoVer, na Assembleia Legislativa da Bahia. A iniciativa, voltada para as equipes de comunicação dos parlamentares do órgão, jornalistas das secretarias de Estado e de outras instituições, tem o objetivo de contribuir para a acessibilidade das pessoas com deficiências visuais às imagens e informações divulgadas nas redes socais.

O curso gratuito ministrado pela Coordenadora de Educação Inclusiva da Secretaria, Patrícia Braille, criadora do Projeto Pra Cego Ver, consiste em descrever as imagens que são publicadas nas redes sociais para que os dispositivos de leitura possam repassar o conteúdo à pessoa com deficiência visual, a partir da utilização da hashtag #PraCegoVer.

“Essa iniciativa é muito importante porque vai favorecer a comunicação das secretarias e assessorias de comunicação com as pessoas com deficiência visual. A partir disso, as redes sociais vão ser mais acessíveis ao permitir que essas pessoas realmente consigam compreender os conteúdos postados e interajam com muito mais plenitude”, ressaltou Patrícia Braille.
Para a jornalista freelance Camila Moreira, que trabalha com gerenciamento de redes sociais, o conteúdo ofertado pela oficina vai ser muito útil na sua vida profissional. “É muito importante por unir duas poderosas ferramentas: comunicação e inclusão. Saio daqui ‘enxergando’ o tema com um novo olhar”, afirmou.

Glesiana Silva, que trabalha na Assessoria de Comunicação da Assembleia Legislativa da Bahia, disse que gostou muito da iniciativa. “Este projeto consiste em avanço, pois inclui ainda mais as pessoas com deficiência visual nas redes sociais”, disse a jornalista. Os jornalistas da Assessoria de Comunicação da Secretaria da Educação do Estado já passaram por esta formação e a #PraCegoVer já está sendo usada nas redes sociais, contribuindo para a acessibilidade dos cegos às políticas públicas na rede estadual de ensino.

Ascom Educação
Fotos: Emerson Santos
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo