SEMDES de São Gonçalo lança a campanha "Chega de Trabalho Infantil" - São Gonçalo Agora

SEMDES de São Gonçalo lança a campanha "Chega de Trabalho Infantil"

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social – SEMDES lançou nesta quinta-feira, 08, a campanha #ChegadeTrabalhoInfantil. A ação promovida em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS foi realizada na Câmara Municipal de Vereadores e contou com a presença da coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Moema Franco Pedreira.

O PETI é constituído por um conjunto de ações que têm o objetivo de retirar crianças e adolescentes menores de 16 anos do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz, a partir de 14 anos. O programa, além de assegurar transferência direta de renda às famílias, oferece a inclusão das crianças e dos jovens em serviços de orientação e acompanhamento. A frequência à escola também é exigida.

Essa foi apenas a primeira ação da campanha, no dia Internacional Contra o Trabalho Infantil, 12 de junho, um desfile lúdico irá percorrer as principais ruas do município, alertando a população e convidando toda a sociedade a participar da luta contra a exploração da mão de obra infantil.
Gestores da área de assistência social de Estados e municípios têm até o dia 30 de junho para apresentar um plano de trabalho detalhado com ações e estratégias para a erradicação do trabalho infantil.

Quem não entregar a documentação terá o repasse de recursos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, PETI, suspenso. Todos os Estados e 958 municípios que possuem alta incidência de trabalho infantil já recebem recursos da União.

A decisão de suspender as transferências foi aprovada em reunião de gestores municipais, estaduais e do governo federal na Comissão Intergestores Tripartite, em Brasília. Segundo a secretária Nacional de Assistência Social, Carminha Brant, a medida foi adotada porque alguns municípios não estavam desenvolvendo as ações, mesmo tendo recebido os recursos.
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo