Feira acolhe técnicos de NTEs para curso do Censo Escolar da Secretaria da Educação - São Gonçalo Agora

Feira acolhe técnicos de NTEs para curso do Censo Escolar da Secretaria da Educação

A Secretaria da Educação do Estado está realizando uma capacitação de técnicos dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e de secretarias municipais de Educação, para a execução do Censo Escolar da Educação Básica nos municípios baianos. A atividade tiveram início nesta segunda-feira (12), simultaneamente, nos NTE de Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Vitória da Conquista, Eunápolis, Bom Jesus da Lapa e Irecê.

Em Feira de Santana, serão três dias de curso, realizado no Instituto de Educação Gastão Guimarães. Segunda-feira participaram do curso representantes de Ipirá NTE-15, Itaberaba NTE-14, Juazeiro NTE-10 e Paulo Afonso NTE-24. Ontem, terça (13), participaram técnicos de Feira de Santana NTE-19, Ribeira do Pombal NTE-17 e Senhor do Bonfim NTE-25. Nesta quarta (14), estarão Serrinha NTE-04, Jacobina NTE-16 e Alagoinhas NTE-18.

Os dados coletados pelo Censo Escolar servem de base para a formulação de políticas públicas e para a distribuição de recursos públicos como alimentação e transporte escolar, distribuição de livros e uniformes, implantação de bibliotecas, instalação de energia elétrica, Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), entre outros. Os dados também são utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), por outros ministérios como Saúde e Esportes e por organismos internacionais como a UNESCO e o UNICEF.

A superintendente de Gestão da Informação Educacional do Estado, Cristiane Soares Ferreira, diz que esta atualização é imprescindível. “É essencial que os dados coletados sejam fidedignos para que a gente tenha a geração de políticas públicas de Educação adequadas para o nosso Estado. Além disso, esses dados são pré-requisito para as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)”, destaca.

Os técnicos irão atuar como multiplicadores junto aos gestores das escolas. No caso da rede estadual, as informações dos estudantes e das unidades escolares deverão ser lançadas no Sistema de Gestão Escolar (SGE). Os dados informados serão migrados para o Sistema Educacenso, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

O Censo é realizado anualmente em regime de colaboração entre o INEP e as secretarias estaduais e municipais da Educação, em caráter declaratório e mediante coleta de dados descentralizados. A ação engloba todos os estabelecimentos públicos e privados de Educação Básica, onde são coletadas informações dos estudantes, turmas, escolas e profissionais da Educação como unidades de informação principal.
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo