“Temer não tem moral e ética para o cargo de presidente da República”, afirma Targino Machado - São Gonçalo Agora

“Temer não tem moral e ética para o cargo de presidente da República”, afirma Targino Machado

Após as delações da JBS, na última semana, o deputado estadual Targino Machado (PPS) manifestou-se, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), sobre a situação da política no país. “A cachorragem na política não me surpreendeu. Temer não tem moral e ética para o cargo de presidente da República, senão não teria recebido, à noite, às escondidas, no Palácio do Jaburu, um bandido para uma conversa entre malandros”, ressaltou.

O parlamentar também falou sobre os fatos que envolvem o senador Aécio Neves e os ex-presidentes Lula e Dilma. “Qual a novidade de ver o playboy Aécio Neves pedindo propina e mandando um primo ir receber as malas de dinheiro? Ainda ameaçou de morte o primo. Se ele tentasse delatar, Aécio poderia matá-lo antes da delação. Qual a novidade o Lula e a Dilma terem recebido propina da JBS, cerca de 150 milhões de dólares? Todos os empresários e economistas que acompanham o mercado sabiam que tinha alguma coisa estranha com a dinheirama derramada pelo BNDES no grupo JBS”, salientou.

Na oportunidade, Targino fez questão de elencar perguntas importantes e que precisam de respostas. “Por que a lista dos 1.829 políticos que receberam propina da JBS ainda não saiu? Por que o primo de Aécio Neves, que foi receber dinheiro a mando dele, está preso e o mandante ainda está solto? Michel Temer está esperando o que para renunciar? O povo brasileiro está esperando o que para ir às ruas pedir a saída do presidente malandro? Será que o povo brasileiro está esperando que o Congresso de canalhas, com raras exceções, vote o impeachment de Temer?”, questionou.

Fonte: Ascom do deputado estadual Targino Machado (PPS)
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo