residencial Seminário reúne municípios baianos para debater Programa de Aquisição de Alimentos - São Gonçalo Agora

Seminário reúne municípios baianos para debater Programa de Aquisição de Alimentos

“Experiências exitosas e desafios na execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)” é o tema do seminário a ser realizado, nos dias 23 e 24 de maio, pela Superintendência de Inclusão e Segurança Alimentar (SISA) da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) para os gestores dos municípios baianos.

O evento acontece no município de Feira de Santana, no auditório da Pousada Central. O seminário começa na terça (23), às 10h30 com o credenciamento e na quarta (24), às 8h com os depoimentos de associados no PAA.

O evento, que será gratuito, reunirá prefeitos e secretários municipais da Agricultura e da Ação Social da Bahia que participam do PAA, modalidade compra com doação simultânea, e secretarias estaduais referentes as ações para o desenvolvimento do programa, com o objetivo de discutirem técnicas que possam dinamizar a comercialização, incentivando o consumo e a valorização dos alimentos produzidos. Durante o seminário, os gestores conhecerão como funciona o programa e a sua importância para o município. Também haverá declarações de secretários de Conceição do Coité e Igrapiúna, municípios que fazem parte do PAA. Eles falarão dos benefícios do programa para as cidades.

PAA, modalidade compra com doação simultânea - Essa modalidade é executada pelos municípios com assessoria do Governo do Estado. Com o programa, os gestores municipais incentivam a agricultura familiar, por meio da geração de renda com a compra dos produtos, e promovem o acesso à alimentação, através da doação, simultânea, de alimentos às creches, escolas, abrigos e hospitais. Vale ressaltar que o público prioritário do programa são os assentados e povos e comunidades tradicionais.

O programa atende, prioritariamente, agricultores e consumidores do CadÚnico. A prefeitura é a responsável por elaborar a proposta de participação, cadastrando os agricultores e as unidades recebedoras.

ASCOM / SJDHDS
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo