residencial Greve de vigilantes faz agências bancárias de São Gonçalo e Feira suspenderem atendimentos - São Gonçalo Agora

Greve de vigilantes faz agências bancárias de São Gonçalo e Feira suspenderem atendimentos


A greve dos vigilantes da Bahia, iniciada nesta quarta-feira (24), afeta o atendimento nas agências bancárias de Salvador e de cidades do interior do estado. Muitos bancos fecharam mais cedo e outros sequer abriram as portas, segundo informações do Sindicato dos Bancários da Bahia.

Conforme o presidente do sindicato, Augusto Vasconcelos, quase 100% das unidades localizadas no centro da capital baiana, no bairro do Comércio e na região da Avenida Tancredo Neves estão com as atividades suspensas. Ele disse que uma das únicas agências que abriram foi a do Bradesco da Avenida Sete de Setembro.

No interior, as agências bancárias das cidades de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos não abriram nesta quinta-feira. Os clientes que procuraram as unidades só encontraram os caixas eletrônicos funcionando.

De acordo com o Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança e Vigilância do Estado (Sindivigilantes), a principal reivindicação da categoria é o reajuste salarial de 15%. Cerca de 32 mil vigilantes atuam em todo o estado. Os trabalhadores fizeram oito rodadas de negociação com o Sindicato das Empresas de Segurança Privada (Sindesp), mas ainda não houve um acordo.

Enquanto o impasse não é resolvido e os vigilantes não voltarem às atividades, a recomendação do Sindicato dos Bancários da Bahia é que as agências permaneçam fechadas.

Por Sandro Araújo
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo