Nove mil turistas desembarcam no Porto de Salvador durante o Carnaval - São Gonçalo Agora

Nove mil turistas desembarcam no Porto de Salvador durante o Carnaval

Durante o Carnaval, Salvador receberá 9.231 turistas oriundos de navios de cruzeiro. Dois deles chegam do Rio de Janeiro com cerca de cinco mil pessoas. O Sea Princess é o primeiro a aportar no Terminal Marítimo do Comércio, por volta das 9h do dia 24 deste mês, retomando seu roteiro no fim da tarde, com destino a Fortaleza (CE). Na terça-feira (28), último dia cheio da folia, é a vez do Sovereign, também vindo da capital carioca, e do Preziosa, trazendo o maior número de passageiros do período: 4.363 pessoas. Ambos pernoitam em Salvador, seguindo viagem para Búzios (RJ) apenas no dia 1º de março.

A temporada de cruzeiros teve início em outubro de 2016 e segue até abril deste ano. Ao fim deste período, cerca de 155 mil passageiros terão desembarcado de 20 navios oriundos de diversas partes do Brasil e do exterior.

Receptivo - Para recepcionar os visitantes, apresentar opções de roteiro para o Carnaval e para as demais atrações culturais e gastronômicas da capital baiana, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) terá equipes de monitores destinadas especificamente para atender esse público. "O turista que vem para o Carnaval fica um tempo curto na cidade. É a partir da boa recepção que passam a ter a cidade como opção para uma nova visita, esta mais demorada, para aproveitar ainda mais o que Salvador tem a oferecer", diz o secretário Cláudio Tinoco.

No total, serão quatro equipes itinerantes, com 30 recepcionistas, além de um posto de informações no Elevador Lacerda. Além do Porto, o receptivo atuará no aeroporto, Mercado Modelo, nas praias da cidade e nos circuitos oficiais da folia.

Além da chegada de visitantes pelo Porto, a Secult estima que Salvador receba cerca de 450 mil turistas a mais por via terrestre, sendo que 400 mil chegando de outras cidades da Bahia e aproximadamente 50 mil de outros estados do país. Ainda segundo a pasta, o Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães terá 1,6 mil voos no período, sendo 250 extras, vindo de diversas partes do Brasil e do Mundo.

"Geralmente, o turista que chega a Salvador em cruzeiros para este período adquire junto ao hotel um pacote completo, associando a rápida estadia na cidade com participação em blocos e camarotes. Ainda assim, a Secult elaborou, em parceria com a gestão do Terminal Marítimo, um receptivo para orientar essas pessoas sobre a folia, mas sem deixar de lado a chance de apresentar um roteiro alternativo, principalmente para casais, idosos e famílias", continua o secretário.

Opções - Como alternativas para aqueles que não vão participar diretamente do Carnaval ou que buscam algo para aproveitar as horas que antecedem o momento de cair na folia, Tinoco sugere cinco roteiros específicos para quem desejar conhecer melhor as ruas, becos e ladeiras históricas de Salvador.

"Temos o roteiro tradicional do Centro Histórico que, com suas igrejas e ladeiras históricas, possui muita força junto ao público mais velho que não pretende ir aos circuitos tradicionais do Carnaval e podem optar por um passeio mais tranquilo, podendo ainda apreciar a folia alternativa do Pelourinho. Outra opção é a Península de Itapagipe, com as praias da Boa Viagem, a visita à Basílica do Bonfim, Monte Serrat e à nova orla da Ribeira. Ainda naquela região, é possível desfrutar de um roteiro religioso, visitando o Memorial Irmã Dulce e a Colina Sagrada", aponta Tinoco.

Outras sugestões viáveis para o período são o Dique do Tororó, com sua homenagem aos orixás, de autoria do artista Tati Moreno; passeio de barco pelas ilhas da Baía de Todos-os-Santos - Maré, Frades e Bom Jesus dos Passos; as novas orlas de Itapuã e Piatã, com suas praias, bares e restaurantes; bem como uma incursão ao boêmio bairro do Rio Vermelho.

São Gonçalo Agora/Agecom
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo