residencial Mutirão de exames gratuitos atende crianças e adolescentes em Feira de Santana - São Gonçalo Agora

Mutirão de exames gratuitos atende crianças e adolescentes em Feira de Santana

Exames gratuitos de laboratório, tomografia, raio x e eletrocardiograma podem ser feitos até o fim de fevereiro, em crianças e adolescentes de até 15 anos, no Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, no centro norte da Bahia. A meta desta segunda etapa do Mutirão de Exames do HEC é realizar cerca de seis mil procedimentos. A primeira etapa, em janeiro, durou 15 dias e promoveu mais de 2,6 mil exames, entre raio X e laboratoriais. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

De acordo com a coordenadora do setor de imagem do hospital, Adriane Maia, os exames estão disponíveis inclusive para pacientes de outros hospitais e clínicas; basta apresentar o pedido médico. “Um exame de tomografia particular fica em torno de R$ 200 e o eletrocardiograma a partir de R$ 80. Para fazer o exame gratuito é preciso apenas trazer a solicitação médica e os documentos de identificação da criança”. Para mais informações, a unidade de saúde disponibiliza o número (75) 3602-0369.
A agricultora Ivonete Maria dos Santos, mãe de David e Daise, de seis e três anos respectivamente, levou os dois para fazer exames laboratoriais. “Eu cheguei às 7h30 e foi tudo rápido. O mutirão facilitou muito. Se não tivesse o mutirão, eu teria que pagar para fazer em outro lugar. E o dinheiro que economizei já dá para pagar uma conta de luz ou de água”, afirma a agricultora.

A economia é importante também para a dona de casa Nívea Maria, mãe de Felipe, de três anos, que fez passou por um eletrocardiograma. "Cheguei cedo e fui atendida rapidamente. Já estava tentando há meses, mas estava com dificuldades para conseguir fazer o exame. Como estou desempregada, não tinha condição de pagar. Esses R$ 80 que iria gastar já servem para investir no Felipe mesmo, para comprar a medicação dele”.

Repórter: Raul Rodrigues
Foto Carol Garcia
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo