residencial Eunício Oliveira é eleito presidente do Senado Federal para os próximos dois anos - São Gonçalo Agora

Eunício Oliveira é eleito presidente do Senado Federal para os próximos dois anos

Eleito senador em 2011, Eunício Oliveira, do PMDB do Ceará, de 64 anos, exerceu três mandatos de deputado federal, foi ministro das Comunicações no governo Lula, e nos últimos 4 anos, foi líder do partido no Senado. Escolhido pela bancada, a quem cabia a indicação para a presidência do Senado por ser a maior legenda, Eunício disse que representará um Senado unido em busca de soluções para as crises do País. Citou a das penitenciárias e a econômica, com destaque para o desemprego e para a falta de dinheiro dos estados e municípios. Aos colegas prometeu modernizar o regimento interno do Senado com mudanças na escolha dos relatores dos projetos. Apesar de defender a aprovação da Reforma Previdência, prioridade do governo Temer, Eunício destacou a independência entre os Poderes e o desejo de um protagonismo maior do Senado.

Quero ser o presidente de um Senado unido de uma casa focada na difícil missão de acalmar as águas deste mar revolto da política brasileira que assistimos hoje. O Senado Federal tem a obrigação de trabalhar em colaboração com os demais Poderes e instituições da República REP: O senador José Medeiros, do PSD de Mato Grosso, se lançou candidato avulso. Em seu discurso, defendeu uma pauta independente com projetos dos senadores. Medeiros também mencionou o papel do Senado na resolução das crises política e econômica com destaque para um socorro aos estados.

O Senado Federal deve assumir-se como farol de nossa democracia e esteio da nossa Federação a partir da convivência equilibrada entre os entes Federados somente assim o debate das questões Federativa será o valor intrínseco de cada estado no desenvolvimento do país independente de afinidades partidárias pessoais dos representantes em exercício.

Pelo menos dez senadores votaram em branco.

Compartilhe no Google+

Sandro Araújo