residencial Além de Fabiano a prefeitura de São Gonçalo também será investigada, diz promotora - São Gonçalo Agora

Além de Fabiano a prefeitura de São Gonçalo também será investigada, diz promotora

A promotora Ítala Maria Braga, da comarca de São Gonçalo dos Campos, informou durante coletiva de imprensa na manhã dessa sexta-feira (03) em Feira de Santana, onde também participaram da coletiva os delegados João Rodrigo Uzzum, coordenador de Polícia Civil de Feira de Santana, e Eugênio Rocha Viana, delegado de São Gonçalo que o Ministério Público ainda não iniciou a ação penal contra Fabiano. “O que há é um procedimento investigatório criminal para apurar a existência de crimes, como o exercício ilegal da medicina, o uso de documento falso, e a prática de estelionato”, explicou.

Ela informou ainda que o suspeito atuava no hospital se passando pelo médico Paulo Roberto Santos. A promotora disse que já tem documentos que estão sendo analisados e está sendo verificada a veracidade da denúncia contra o enfermeiro. Ítala Maria informou também que ainda não é possível dizer se a atuação dele como médico causou dano à saúde de alguém, mas que já foi comprovado que ele emitiu um atestado de óbito para uma senhora de 82 anos que ele tinha atendido anteriormente.

Com relação ao médico Paulo Roberto dos Santos, a promotora disse que ainda não é possível saber se ele foi vítima ou se tinha alguma participação no crime. Ítala Maria acrescentou que outro alvo da investigação será a prefeitura de São Gonçalo e os responsáveis que autorizaram Fabiano a trabalhar no hospital poderão responder por improbidade administrativa.

Vamos individualizar a conduta e saber a participação de cada pessoa que trabalhava na prefeitura à época da contratação, que é de 2013.
Fabiano Oliveira Campos. Fotos: Ney Silva/ Acorda Cidade
O enfermeiro Fabiano Oliveira Campos está detido na carceragem do Complexo Policial de Delegacias do bairro Sobradinho e deverá ser encaminhado ao Conjunto Penal de Feira de Santana.

Por Sandro Araújo/São Gonçalo Agora
Matéria original no Acorda Cidade
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo