residencial Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário alerta em relação a boatos sobre o Bolsa Família - São Gonçalo Agora

Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário alerta em relação a boatos sobre o Bolsa Família

Nos últimos dias um boato sobre pagamento extra do Bolsa Família vem circulando pelas redes sociais e por aplicativos de mensagens. Por causa destas informações falsas, muitas famílias estão procurando as agências da Caixa Econômica e isso está gerando tumulto em alguns lugares. O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, faz um alerta à população: não existe parcela extra nem décimo terceiro do Bolsa Família.

"Isso é um boato mal intencionado, de gente que quer fazer a população sofrer, fazer a população ficar confusa. Não acreditem nesses boatos. O Bolsa Família está sendo pago religiosamente em dia, mas segue um cronograma normal de todos os anos. Não há nenhum tipo de pagamento extra, nós estamos inclusive tentando aperfeiçoar o programa, aumentamos, demos um reajuste de 12,5% esse ano, o presidente Temer autorizou. E isso foi em função de reforçar o progr ama para quem mais precisa. Mas o cronograma de pagamentos não mudou. Não existe pagamento extra e os recursos que estão sendo melhor controlados pelo programa vão servir para melhorar o programa durante o ano que vem. Então não acreditem que há pagamento extra", disse Osmar Terra.
O Bolsa Família é depositado pelo governo federal diretamente na conta do cidadão, sem intermediários. Não existe a possibilidade do beneficiário ter direito a dinheiro extra. Parte da confusão está acontecendo porque algumas pessoas estão entrando no portal da transparência do governo federal e interpretando os valores que aparecem lá de maneira errada. O Portal da transparência mostra o que já foi pago para o cidadão e não pagamentos futuros. O Bolsa Família respeita um calendário de pagamentos, que neste mês começam no dia 17. Todas as informações sobre o programa devem ser consultadas na página oficial do ministério do Desenvolvimento Social e Agrário na internet, no endereço: www.mds.gov. br. ou por meio da Central de Atendimento no telefone 0800 707 2003. A ligação é gratuita e deve ser feita de um telefone fixo.

São Gonçalo Agora/MDS
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo