São Gonçalo receberá R$ 702 mil destinados aos beneficiários do Bolsa Família em outubro - São Gonçalo Agora

São Gonçalo receberá R$ 702 mil destinados aos beneficiários do Bolsa Família em outubro

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) repassará no mês de outubro R$ 2,5 bilhões aos beneficiários do Programa Bolsa Família em todo o país. O benefício será pago a 13,9 milhões de famílias. O pagamento teve início nesta terça-feira (18) e segue até o dia 31.

A Bahia tem 1.824.546 beneficiários e terá o repasse de R$ 334.103.675,00 milhões. São Gonçalo dos Campos tem 4.160 famílias cadastradas e receberá o equivalente R$ 702.199,00 mil.
O valor repassado varia conforme o número de membros da família, a idade de cada um e a renda declarada no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. Os recursos ficam disponíveis para saque durante 90 dias.

O pagamento é feito de forma escalonada. No primeiro dia, recebem as famílias com Número de Identificação Social (NIS) de final 1. No segundo dia, os cartões terminados em 2 e, assim, sucessivamente.

O valor médio do benefício é de R$ 181,98. As famílias inscritas no programa estão recebendo o Bolsa Família com aumento desde julho, quando foi concedido, pelo governo federal, um reajuste de 12,5% no valor do benefício médio.

Aperfeiçoamento – De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, o Bolsa Família está sendo aprimorado e não sofrerá cortes. Nos próximos meses, o governo irá lançar um plano de inclusão produtiva, com ações para promover a autonomia das famílias do programa.

Já o Programa Criança Feliz, lançado neste mês pelo governo federal, busca garantir o desenvolvimento infantil integral de crianças de 0 a 3 anos, beneficiárias do Bolsa Família. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados, que farão visitas domiciliares periódicas.

“A criança bem estimulada vai render muito mais na escola, resultando em melhores condições de aprendizado que seus pais, um salário melhor, o que vai ajudar a família a sair da pobreza”, explica o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. Criado em 2003, o Bolsa Família é voltado para famílias extremamente pobres (renda per capita mensal de até R$ 85,00) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00). Ao entrarem no programa, as famílias recebem o benefício mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação.

Confira aqui os dados por município 
Compartilhe no Google+

About Sandro Araújo