residencial São Gonçalo cria "petição eletrônica" para anular aumento salarial do Legislativo e Executivo - São Gonçalo Agora

São Gonçalo cria "petição eletrônica" para anular aumento salarial do Legislativo e Executivo

A petição foi criada nesta quinta-feira (06), na plataforma AVAAZ PETIÇÕES DA COMUNIDADE, por um cidadão São Gonçalense, que, como centenas de outros cidadãos, estão revoltados com a aprovação do Projeto de Lei que aumentou os salários dos vereadores, prefeito e vice, mais os secretários. A PL é de competência exclusiva do Poder Legislativo e foi apresentado pela Comissão de Finanças e Orçamentos da Câmara Municipal de São Gonçalo dos Campos, e aguardava a aprovação ou veto do Poder Executivo. O projeto foi aprovado pelo Executivo.

Na plataforma AVAAZ, onde indica a importância da petição, o criador, explicou que:

"Realmente é um absurdo esse aumento de salário do poder legislativo e executivo de São Gonçalo dos Campos BA, numa cidade onde se ver que o papel dos representantes é muito ineficaz e no meio da mesma sociedade se pode notar que outros cidadãos têm mais serviços prestados a população e não têm o devido reconhecimento, não é justo um aumento salarial dessa natureza. Volto a frisar que é ABUSIVO esse aumento salarial. Hoje somado os vencimentos das categorias beneficiadas pelo aumento salarial chega a aproximadamente R$ 95.000,00 (noventa e cinco mil reais mensais) e a partir de 1 de janeiro de 2017 chegará à aproximadamente R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais) tudo sem as gratificações e 13º salário. Se você também é contra esse aumento salarial, assine a petição. Sua ajuda fortalece a mobilização e construção política social da nossa cidade."

Moradores da cidade estão convidando a população para um manifesto na próxima terça-feira (11), às 9h, em frente a Câmara Municipal.

PARA ASSINAR A PETIÇÃO ELETRÔNICA ACESSE O LINK ABAIXO

A sociedade de São Gonçalo dos Campos - BA: Diga NÃO a efetivação do aumento salarial do poder executivo e legislativo.

Com a mudança, o salário de cada um dos 13 vereadores de São Gonçalo dos Campos será de R$ 7.500 reais (hoje é de R$ 6.012). O salário do prefeito foi reajustado para R$ 15.000 reais (hoje é de R$ 12.500). O salário do vice-prefeito foi fixado em R$ 9.000 reais (hoje é de R$ 7.500) e o salário dos secretários municipais pulou para R$ 5.070 reais (hoje é de R$ 4.225). Todos sem gratificações e 13º terceiro.

O vereador Rogério Falcão votou contra o aumento nos subsídios dos vereadores, já que para cada função requer um projeto independente. Os últimos reajustes haviam ocorrido em 2012.

Uma lei municipal define o aumento desses rendimentos a cada quatro anos. Últimos reajustes ocorreram em 2012.

São Gonçalo Agora
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo