residencial Trezentos e vinte e cinco municípios terão recursos de gestão suspensos - São Gonçalo Agora

Trezentos e vinte e cinco municípios terão recursos de gestão suspensos

Trezentos e vinte e cinco municípios e os governos de Minas Gerais e do Rio Grande do Norte terão os repasses de recursos da gestão do Bolsa Família suspensos pelo governo federal. Eles perderam o prazo para informar a prestação de contas da execução do programa em 2015. A data limite para o envio das informações era 31 de agosto. Em contato com o Ministério do Desenvolvimento Social,
Mariana Moreira, assessora de comunicação, informou que o município de São Gonçalo dos Campos, na Bahia, encontra-se com a prestação de contas em dia.

A transferência dos valores ficará bloqueada até que as prefeituras e os governos estaduais regularizem a situação. Esse dinheiro é repassado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário com base no Índice de G estão Descentralizada do Bolsa Família, o IGD. Os gestores municipais e estaduais utilizam os valores para custear as atividades de gestão do Bolsa Família, como adquirir equipamentos e contratar empresas para atividades de informação sobre o Cadastro Único e serviços de assistência social.
O Diretor do Departamento Operações da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania, Celso Corrêa, explica como os municípios e governos estaduais devem proceder a partir de agora:


São Gonçalo Agora
De Brasília, Roberto Rodrigues
Compartilhe no Google+

Sandro Araújo